a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Marinhense soma terceiro ...

Domingo , Dez 05 2021
10

Paulo Pereira- “Nunca vi ...

Domingo , Dez 05 2021
17

No Dérbi do Minho o ...

Domingo , Dez 05 2021
12

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61504

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29994

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24269

Campeonato Mundo Sub20 ...

Terça-feira , Jul 21 2015
1667

CN- Sub-13- Sul- No ...

Domingo , Fev 28 2016
1483

André Zenha e Pedro ...

Sexta-feira , Set 01 2017
1293

5 Barbeiro Completo

Terronia

SLBeGuillemTrabal 18dezembro V

Guillem Traball, um dos elementos fundamentais nas conquistas do SL Benfica abordou as recentes vitórias ao Jornal "O Jogo", dizendo que a força do Benfica é jogar como equipa, apontando agora baterias à Taça de Portugal.

«Guillem Trabal, um dos jogadores mais experientes do Benfica, penatacampeão mundial por Espanha, identifica com clareza a chave do sucesso das águias, que no fim de semana se sagraram bicampeãs nacionais e conquistaram a Liga Europeia. "A força do Benfica está na qualidade dos jogadores e na forma como jogamos como equipa, entraram muitos jogadores no últimos três anos, mais de metade somos novos, mas a equipa nunca perdeu a identidade. Somos grandes jogadores e fazemos uma verdadeira equipa", disse o espanhol que conquistou a segunda Liga Europeia, depois de já ter ganho pelo Réus, em 2008/09. "Da outra já nem me lembrava, passaram muitos anos. Uma Liga Europeia é sempre especial e jogar na Luz, com este ambiente, é histórico. Se não tivéssemos ganho, poderíamos até ganhar depois, mais tarde, mas eu nunca mais, tendo 36 anos, irei jogar uma Final4 como organizador", explica o guarda-redes quando questionado sobre a diferença entre as duas conquistas, garantindo: "O ambiente na Luz é espetacular e, quando os jogos são tão equilibrados, como foi o caso nesta Final4, os adeptos marcam as diferenças, sem dúvida. A festa é boa, mas há uma parte oculta, emocional, em que se sofre muito e quando voltarmos, já com o Parede na mente, vamos trabalhar forte. Já temos o campeonato, já temos a Liga Europeia e agora queremos fazer o triplete", concluiu.»

Foto: SL Benfica | Fonte: Jornal "O Jogo"

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação