a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

"Vencer e fazer sempre ...

Quinta-feira , Jan 27 2022
7

“Rafa”- “Se fizermos as ...

Quinta-feira , Jan 27 2022
7

Sorteio da Taça ...

Quinta-feira , Jan 27 2022
15

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61647

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30170

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24461

Sub 23 do CRPF Lavra já ...

Terça-feira , Ago 20 2019
1047

AE Física com três caras ...

Terça-feira , Jul 17 2018
2630

2.ª Sul- Parede marca ...

Segunda-feira , Mai 31 2021
578

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

OCB123LuisQuerido

O Jornal "O Jogo" realizou uma reportagem onde abordou três peças importantes - Paulo Freitas, Luís Querido e Ricardo Silva - na conquista da Taça CERS pelo OC Barcelos. Aqui as palavras de Luís Querido, o capitão do OC Barcelos, onde diz que "Este foi o acordar de um gigante adormecido".

«O último golo de Luís Querido levantou o pavilhão. Ali sentia que "a Taça CERS não saía de Barcelos". "Foi o momento mais alto da minha carreira e que seja o primeiro de muitos", anotou um dos mais emocionados após a final. "As lágrimas espelharam o cumprir de um sonho. Este foi o acordar de um giagante adormecido, que está a crescer. Que seja todos os anos assim." O primeiro abraço foi para o pai José Querido, antigo treinador do Barcelos e selecionador: "Antes do jogo disse-me que eu ia ganhar e no fim disse: 'Eu já sabia!'"»

Foto: Facebook Luís Querido | Fonte: Jornal " O Jogo"

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação