a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Resumo do UD ...

Domingo , Jan 17 2021
51

Paulo Freitas- “Um jogo ...

Domingo , Jan 17 2021
62

Resumo AD Sanjoanense- ...

Domingo , Jan 17 2021
28

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59903

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27832

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22191

Samuel Santos vai ...

Segunda-feira , Ago 11 2014
2690

Filipe Moreira será o ...

Terça-feira , Mai 31 2016
2612

Sub-20- Barcelos tira ...

Segunda-feira , Jul 09 2018
1147

janeiro Pluriform 2

13076798 1068499169889563 1883984754003784213 n

CD Paço Arcos – HC Turquel 4-2

O Paço de Arcos que recebeu este sábado o Turquel no “Casablanca” venceu por 4-2 e fica a um ponto de poder garantir automaticamente a permanência no principal campeonato nacional, quando faltam 4 jornadas para o términus da prova.
A vir de uma derrota na deslocação a Torres Vedras, a equipa de Paulo Garrido tinha pela frente um conjunto que embora também viesse de um desaire, neste caso frente ao Benfica, ainda assim a fazer uma excelente segunda volta, este jogo revestia-se de algum importância para a equipa da linha, que embora com alguma vantagem, ainda não tem a permanência garantida.
Seria o Turquel a dispor da primeira grande oportunidade, mas Vasco Luís a não conseguir converter uma GP logo aos seis minutos após um Azul mostrado a Rui Pereira. Ainda antes do intervalo, corria o minuto vinte, é Nelson Ribeiro a abrir o activo, resultado que não se alterou até ao apito para o respectivo descanso.
Segunda parte com mais oportunidades, nomeadamente nas bolas paradas, e aí foi mais assertiva a formação da linha que nas quatro oportunidades que teve finalizou duas, ao contrário do Turquel que apenas apontou um LD, das tres situações que dispôs.
Guilherme Silva aos quatro minutos da etapa complementar aumentou para 2-0, Rui Pereira de LD, fez o 3-0 corria o minuto 8, mas Xavier Lourenço a reduzir pouco segundos depois, para 3-1. E é o Turquel que pode voltar a reduzir dois minutos depois, mas Luís Silva a não converter o LD a castigar a 10 falta de equipa do CDPA.
Seria já nos últimos cinco minutos que o marcador voltaria a mexer, primeiro por Rui Pereira numa recarga a uma grande penalidade a fazer o 4-1 e à entrada do ultimo minuto é Vasco Luís que reduz para 4-2 na marcação de um LD a penalizar a 15.ª falta do Paço Arcos. Rui Pereira ainda teve oportunidade para repor a diferença de tres golos, mas não conseguiu converter o LD correspondente à 15.ª falta do Turquel, faltavam então cerca de 30 segundos para o términus do encontro.
Jogo onde o equilíbrio foi notório, com os guarda redes a serem dos elementos em mais foco neste encontro, que acabou por ter um Paço de Arcos mais feliz, em particular na conclusão da bolas paradas, que acabaria por ser determinante no desfecho final do jogo.

Foto- Facebook CDPA

workshops para rodapé Noticias PenteadosdeNoiva