a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

TP- CA Feira “empurra” ...

Domingo , Jan 23 2022
4

TP- Barcelos segue em ...

Domingo , Jan 23 2022
1

A lei do mais forte ...

Sábado , Jan 22 2022
22

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61639

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30163

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24455

Taça CERS: Jogou-se a ...

Terça-feira , Dez 15 2015
1673

Campeonato Regional da ...

Segunda-feira , Out 17 2016
1303

Gonçalo Silva (HC ...

Sexta-feira , Nov 13 2015
1686

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

10343673 1241313675897132 7237383327942401619 n

A partida entre o HC Santiago e o Parede FC é a mais mediática da jornada 25 da Zona Sul do Nacional da 3.ª Divisão.
Se de um lado está um Parede FC incontestável, e que lidera praticamente desde o inicio da prova, do outro lado vai estar uma equipa que nesta segunda volta tem claramente dado “ a volta” aos candidatos.
Em suma um jogo que se antevê equilibrado onde a equipa de Pedro Gonçalves, o nosso entrevistador desta semana, tenha objectivos claros no que toca a este encontro, mas ciente das dificuldades que poderá encontrar.
É, para mim, um dos jogos mais difíceis desta recta final da época. A preparação deste jogo tem muitos desafios. Se, por um lado, vimos de uma vitória histórica e depois de uma má exibição contra o Lobinhos, por outro sabemos que o jogo com o Santiago será completamente diferente do da 1ª volta, visto que a equipa adversária atravessa um momento radicalmente diferente e muita coisa mudou a nível interno. Sabemos que a pressão está do nosso lado e que será assim até ao fim da época, num campeonato em que já só três equipas lutam por alguma coisa. Dito isto, não temos motivos para nos sentirmos desconfiados. Temos um registo bom nos jogos fora de casa e fomos quase sempre mais competentes que os nossos adversários. Não temos motivos para duvidar do nosso valor e assumimos a responsabilidade de ganhar esta partida, até porque sabemos que se a ganharmos, a subida, depois disso, pode aparecer em qualquer jornada. Esta equipa já provou o valor que tem e que tem condições para fazer desta uma época histórica. Não é nesta recta final que a equipa vai tirar o pé do acelerador e estamos a trabalhar com a máxima exigência para ultrapassar o Santiago. Se contarmos com a presença dos nossos maravilhosos adeptos, tanto melhor! Resumidamente, estamos tranquilos relativamente ao nosso valor e à nossa competência, mas sabemos que vai ser um jogo muito difícil e só com uma exibição muito competente traremos os três pontos de Santiago do Cacém”.

workshops para rodapé Noticias PenteadosdeNoiva