a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Barcelos canta de Galo

Quarta-feira , Nov 20 2019
9

AD Sanjoanense empata ...

Quarta-feira , Nov 20 2019
19

Braga trava Benfica

Quarta-feira , Nov 20 2019
8

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57608

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25534

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20345

João Souto (UDO): "A ...

Sexta-feira , Mai 26 2017
947

Tiago Oliveira vai ...

Terça-feira , Jul 31 2018
368

Luís Cebola vai ...

Sexta-feira , Dez 23 2016
2498

interioresinteriores

12039086 146905502323321 8843511273102039583 o

C Naval Setubalense- GRF Murches 3-4

O Murches sofreu a bom sofrer para conseguir os três pontos na partida que realizou no Pavilhão da Naval, junto ao Sado.
Se teoricamente era um jogo onde a formação de Pedro Favinha era clara favorita, no rinque o desenrolar do jogo veio provar que as coisas não eram assim tão lineares.
Bernardo Reis inaugurou o marcador aos 8 minutos, para o Murches, mas viu a Naval empatar na sequência de um LD por cartão azul mostrado a Gonçalo reias. João Durte não marcou à primeira mas na recarga a fazer o empate.
Jogo com ascendente do Murches mas a ter pela frente uma formação que não dava descanso à equipa visitante, que só a dois minutos do intervalo voltaria a marcar e ganhar novamente vantagem no marcador, com João Jorge a ser o autor do golo.
A equipa sadina veio para a segunda metade, desinibida e sem nada a perder tentou surpreender a equipa visitante. Luís Matos aos sete minutos do segundo período empatou novamente a contenda, agora a 2 bolas, mas Gonçalo Reis aos onze minutos voltava a colocar o Murches em vantagem ao fazer o 3-2.
A equipa da casa não baixou os braços, voltou à carga e chega mais uma vez ao empate por intermédio de Paulo Andrade. E no minuto seguinte a formação de Hilário Tomás tem uma grande oportunidade de se adiantar no marcador, mas João Duarte desperdiça um LD a castigar a 10.ª falta do Murches. Fase de maior pressão da equipa da Naval que pouco depois vê o Murches a ter oportunidade soberana para marcar quando João Duarte vê CA, mas Gonçalo Reis a não conseguir concretizar o LD que dispôs. O mesmo sucederia no minuto vinte, mas para a Naval mas Zé Nuno Pinto a nãpo conseguir enganar o guardião do Murches na marcação de um LD a penalizar um Azul mostrado a Fábio Veiga.
Seri a Gonçalo Reis à entrada do ultimo minuto a fazer o 4-3 e a garantir os três pontos para o Muches que com este triunfo mantem a pressão sobre o Vasco da Gama na luta pela segunda posição que dá direito à subida de divisão.

workshops para rodapé Noticias NailArt