a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

3.ª D- Zona B- Escola ...

Terça-feira , Out 19 2021
13

3.ª – Zona A- USC ...

Terça-feira , Out 19 2021
11

1.ª Divisão- Resumo do ...

Terça-feira , Out 19 2021
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61139

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29386

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
23727

Cristiano Agulhas já não ...

Terça-feira , Fev 26 2019
1034

Ton Balliu – “Talvez ...

Quarta-feira , Mai 09 2018
913

Agenda e Nomeações de 19 ...

Quarta-feira , Mar 16 2016
1823

05 Barbeiro Completo 500h

12631563 569024433253469 9095659991126267726 n

SC Marinhense – HC Mealhada 4-1

A Embra voltou a receber mais um jogo de hóquei desta feita com o Marinhense a ter como opositor a equipa do mealhada, tendo vencido por 4-1, num jogo onde as hostes da Capital do Vidro, se queixaram, de sobremaneira da arbitragem de David Barros.
Partida onde os pupilos de “Esteves” tiveram que puxar dos galões para garantir um triunfo, tanto de justo como suado.
Num jogo quase sempre sob o signo de equilíbrio, ainda assim foi o Marinhense a superiorizar-se. Ainda no primeiro tempo chegou ao 2-0, com golos de André ramos e Orlando Fernandes, no entanto Márcio Ornelas, o guardião do Marinhense a levar CA e na sequência da falta o Mealhada a reduzir por intermédio de Bruno Lima. A seis minutos do intervalo Pedro Coelho a fazer o 3-1 com que as equipas recolheram aos balneários.
Primeira parte onde a atenção de Márcio Ornelas com a preciosa ajuda do experiente Orlando Fernandes permitiram qua a equipa do Marinhense viesse para a segunda parte com m resultado favorável, mas a mostrar também que o conjunto da bairrada não tinha vindo a titulo de passeio.
Segunda metade onde a formação da casa soube gerir de forma inteligente a vantagem que adquirira, perante um Mealhada incómodo e que nunca baixou os braços.
A má tarde de David Barros, o árbitro designado para este encontro, ainda acicatou mais os ânimos aos locais, que tiveram dificuldades em gerir emoções, com a equipa bairradina a tirar proveito dessa intranquilidade dos leões da Marinha. Bruno Lima desperdiçaria um LD a penalizar a 10.ª falat do Marinhense, e foi David “Esteves” Gonçalves a tranquilizar as hostes locais, ao apontar o 4-1, faltavam então 6 minutos para o términus da partida.
Até final a equipa forasteira manteve a mesma toada, não abdicando de tentar surpreender o ultimo reduto do Marinhense, valorizando assim não só a vitória da equipa da Embra como também o espectáculo.

Foto- Fonseca Fotografia

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva

O Marinhense após esta ronda, aumentou a vantagem para o segundo classificado, o Pessegueiro do Vouga que foi perder a Alverca por 3-2, com o conjunto do Marinhense a somar agora 43 pontos, mais 11 que a equipa da Associação de Aveiro.