FCportobarcelona

«Fânzeres foi novamente um palco de felicidade para o hóquei portista na vitória frente ao Barcelona (1-0)
O FC Porto Fidelidade venceu, este sábado, o Barcelona por 1-0 em partida da terceira jornada do grupo A da Liga Europeia, disputada no Pavilhão Municipal de Fânzeres, em Gondomar, com um golo solitário de Reinaldo García (4m). Com este resultado numa casa que tanto diz às hostes portistas, os Dragões assumem a liderança isolada do grupo, com nove pontos, fruto de três vitórias em três jogos, após uma partida em que Nélson Filipe foi a figura maior.
Sem Edo Bosch, lesionado, coube a “Filipão” assumir a titularidade na partida frente aos catalães e o guardião portista foi uma das figuras da primeira metade, ao parar todos os remates do Barcelona à sua baliza. Também em destaque esteve Reinaldo García - um “velho conhecido” deste recinto, em que já conquistou seis títulos nacionais, e bicampeão europeu ao serviço dos catalães -, ao fazer o 1-0 logo aos quatro minutos. Foi um belo remate colocado ao poste mais próximo e um momento que levou ao rubro o Pavilhão de Fânzeres, “casa” emprestada dos portistas e um verdadeiro regresso ao passado para os adeptos azuis e brancos.
O jogo desenrolou-se sempre com um maior ascendente dos Dragões, que atacavam rapidamente e defendiam de forma irrepreensível. O melhor que o conjunto visitante alcançou foi um remate ao ferro (13m), sendo que os portistas tiveram uma oportunidade de ouro para fazer o 2-0 ainda antes do intervalo, mas Hélder Nunes desperdiçou o livre directo decorrente da décima falta do Barcelona. Ao intervalo, o 1-0 ajustava-se à produção de ambas as equipas e premiava a boa exibição defensiva dos comandados de Guillem Cabestany.
A segunda metade começou num ritmo mais elevado, com os visitantes a fazer o que lhes competia e a tentar pressionar os portistas, que respondiam com saídas rápidas para o contra-ataque. O público incitava os Dragões, tentando recriar o ambiente infernal do Pavilhão de Fânzeres, e dentro do rinque a equipa mostrava querer dar uma alegria a quem se deslocou a Gondomar para ver hóquei. Na baliza, Nélson Filipe fazia defesas de grande qualidade (fica na retina uma delas, a 16m do final, em que demonstrou uma agilidade tremenda) e, na outra, Egurrola defendia também um penálti de Hélder Nunes a 13 minutos do final.
A dez minutos do final, na décima falta do FC Porto, Pablo Álvarez permitiu a defesa de Nélson Filipe - um belo momento de hóquei, de resto - e, a seis minutos do fim, Jorge Silva teve uma grande oportunidade para fazer o 2-0, mas o guarda-redes catalão fez mais uma grande defesa. Até ao final, os portistas souberam defender o resultado e acabaram por assegurar os três pontos, para o qual muito têm de agradecer a Nélson Filipe, autor de uma exibição soberba entre os postes e, sem dúvida, o melhor em campo.
O próximo jogo dos Dragões conta para a 10.ª jornada do Campeonato Nacional e é em Valongo, no sábado, pelas 18h30.

FICHA DE JOGO
FC PORTO FIDELIDADE-BARCELONA, 1-0 
Liga Europeia, grupo A, 3.ª jornada
28 de Novembro de 2015
Pavilhão Municipal de Fânzeres

Árbitros: Matteo Galoppi e Franco Ferrari (Itália)

FC PORTO FIDELIDADE: Nélson Filipe (g.r.), Reinaldo García, Hélder Nunes, Rafa e Jorge Silva (cap.)
Jogaram ainda: Vìtor Hugo, Telmo Pinto e Gonçalo Alves
Não utilizados: Nuno Pinto (g.r.) e Álvaro Morais
Treinador: Guillem Cabestany

BARCELONA: Aitor Egurrola (g.r., cap.), Sergi Panadero, Pablo Álvarez, Matías Pascual e Marc Gual
Jogaram ainda: Eduard Lamas, Xavier Barroso e Lucas Ordoñez
Não utilizados: Bial Roca (g.r.) e Xavier Costa
Treinador: Ricard Muñoz

Ao intervalo: 1-0
Marcador: Reinaldo García (4m)»

Resultados e Classificação

Fonte: www.fcporto.pt

workshops para rodapé Noticias AutoEpilação