a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
33

Calendário da Elite Cup ...

Quinta-feira , Ago 11 2022
57

WSE Continental Cup será ...

Quarta-feira , Ago 10 2022
49

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62207

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
31076

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25217

TP Feminino- Leoas nos ...

Domingo , Mar 13 2022
266

Viareggio travou o líder ...

Segunda-feira , Dez 22 2014
2132

O Sr. Deolindo vai ser ...

Quarta-feira , Mar 30 2016
1734

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

12033209 1613939995535737 6392847342024362994 n

CACO – HCP Grândola 4-5

Arrancada a ferros a vitória do Grândola no Pavilhão do Campo de Ourique por 5-4, com o golo que garantiu os três pontos ao conjunto de Nelson Mateus a surgir nos últimos segundos do encontro.
Num jogo que já se antevia equilibrado, isso acabou por se confirmar com o decorrer da partida, com as duas equipas a terem oportunidades para ganhar uma vantagem confortável, mas a teimarem em desperdiçar oportunidades e acabou por ser num lance onde o CACO poderia matar o jogo, a 40 segundos do final onde teve um LD à mercê, mas a desperdiçar com a formação da Vila Morena a acabar por praticamente na sua ultima jogada de ataque fazer o golo que lhe garantiu os três pontos.
Início de jogo com maior pendor atacante da equipa do CACO, mas foi o Grândola a inaugurar o marcador por António Pereira, numa transição rápida da formação forasteira. O CACO não acusou o golo e manteve a sua postura em rinque, pressionando a defesa do Grândola, criando oportunidades soberanas, mas o golo só apareceria alguns minutos depois por João Morais de GP e depois da equipa alfacinha ter já falhado um LD. Até ao intervalo oportunidades soberanas para as duas formações, mas tanto o Grândola ( de GP) e o CACO na sequência de LD na sequência da 10.ª falta do Grândola, o resultado não se alterou.
Segundo tempo com a mesma atitude de ambas as equipas, a procurarem o golo que desse vantagem, e foi o Grândola a adiantar-se novamente no marcador através de José Bernardo, logo nos minutos iniciais da etapa complementar. Será o Grândola a fazer o 3-1 por João Ferro na transformação de uma grande penalidade, numa fase de alguma ascendência da formação forasteira, mas o CACO a aproveitar uma desatenção defensiva contrária e a reduzir para 3-2 através de Hernâni Domingos. O 4-2 para o Grândola surge pouco depois numa situação de uma perda de bola por parte dos jogadores do CACO no meio rinque e não desperdiça a oportunidade de ganhar novamente vantagem de dois golos na partida, com João Ferro a bisar.
O CACO a correr contra o tempo e contra a desvantagem no marcador, volta a carregar no “pedal” e acaba por chegar ao empate, com dois golos de João Morais, primeiro na marcação de um LD a penalizar a 15.ª falta do Grândola e logo a seguir numa recarga a uma GP que Ricardo “Piteira” defendeu em primeira instância.
Ultimo minuto de nervos em franja para qualquer das equipas e será o Grândola a ter a estrelinha, porque o CACO dispõem de um LD que acaba por falhar e na sequência da jogada de contra ataque será o Grândola a marcar por António Pereira, faltavam poucos segundos para o términus da partida.
Três pontos para o Grândola no final da contenda, que também podiam ter caído no regaço da equipa de Álvaro Ferreira, tantas foram as oportunidades desperdiças pela formação alfacinha.
O Grândola com este triunfo sobe ao terceiro lugar com 13 pontos, enquanto o CACO fica a “marcar passo” na 8.ª posição com 10 pontos.

Resultado / Classificação Geral

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva