a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Diogo Ganchas de saída ...

Quarta-feira , Dez 11 2019
114

2.ª D- Sul- Candelária ...

Terça-feira , Dez 10 2019
86

2.ª D- Sul- AD Oeiras de ...

Terça-feira , Dez 10 2019
95

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57738

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25640

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20413

"Criar e gerir a sua ...

Segunda-feira , Mar 13 2017
1181

Paulo Freitas – “Com o ...

Sexta-feira , Jan 05 2018
685

Resumo 25.ª Jor. 1.ª ...

Terça-feira , Jun 20 2017
1146

interioresinteriores

BrunoMoreiraHoquei1 

Bruno Moreira é um jovem de 21 anos, que atualmente representa a equipa sénior do CH Carvalhos, depois de ter representado alguns clubes como o CSP Alfena, o FC Porto e a AD Valongo durante a sua formação. Depois de um ano a disputar o Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, continua no CH Carvalhos, sendo uma das peças importantes da manobra do treinador Tó Rocha, procurando ajudar o Carvalhos a voltar, assim que possível, ao convívio com os grandes.

Plurisports (PLR): Como está a correr até agora a temporada?
Bruno Moreira (BM): Neste momento a temporada está a correr muito bem com 2 vitórias em 3 jogos , apesar que na última jornada com o Valença, julgo que fomos superiores e merecíamos ter trazido os 3 pontos. Para mim o projeto apresentado pelo CH Carvalhos tem pernas para andar e é continuar a trabalhar.

PLR: Quais os objetivos para esta época 2015/16?
BM: Os objetivos para esta nova época passam pela subida à 1.ª divisão, sendo obviamente o desejo de qualquer equipa que compete na 2.ª divisão, como é o nosso caso. Ainda assim, não somos um claro candidato à subida, mas acreditamos que podemos criar surpresas.

PLR: Que ainda esperas conquistar ao longo da tua carreira?
BM: Adoro esta modalidade e vivi sempre para ela, apesar dos meus títulos nacionais de camadas jovens agora chegando ao patamar sénior é sem duvida chegar ao topo, representar um Clube de elite e quem sabe um dia chegar a seleção nacional, aquilo que qualquer jogador amava representar!

PLR: Como foi o teu percurso até agora? Quais as melhores recordações?
BM: O meu percurso... Sem dúvida tive fases muito boas e outras fases menos boas, como tudo na vida, mas sem dúvida as menos boas só se deve a mim e isso mostrou me que se quero ter algum futuro nesta modalidade tenho de dar 200% a cada vez que calço os patins. O meu último título nacional de juniores pelo Valongo sem dúvida teve um sabor único, por ser o meu último ano de júnior e querer sair em grande das camadas jovens e por saber que era o meu último jogo pelo clube da minha cidade que sempre quis representar. Tive pessoas muito especiais que me apoiaram durante esse ano e no final festejar com elas foi de sonho.

PLR: Há quanto tempo jogas hóquei? Como e onde começaste a jogar?
BM: Comecei a patinar com 2 anos e meio e desde aí nunca mais parei. O meu padrinho (Lino Gomes) que foi a pessoa que mais me acompanhou nesta modalidade desde pequeno introduziu-me o gosto pelo hóquei. Comecei o meu percurso no Alfena com 5 anos de idade.

PLR: Qual a competição que mais gostaste de participar?
BM: A competição que mais gostei de jogar até hoje foi o Campeonato Nacional de jovens, quando chegava às Final4, sempre frenéticas e com os pavilhões cheios .

PLR: Há algum jogo que guardes na tua memória? O que podes dizer sobre isso?
BM: Tenho vários jogos na memória, mas sem dúvida o meu primeiro título nacional de infantis pelo FC Porto. Não tava nada habituado aqueles ambientes e ver toda a gente a chorar a festejar, único!

PLR: O que mais te fascina no hóquei?
BM: O que mais me fascina é o jogo em si e o que o diferencia da maior parte dos outros desportos, o nível de dificuldade é mais elevado devido ao facto de exigir uma coordenação motora desde a patinagem ao controlo da bola através do stick.

PLR: Quais são as tuas expectativas para o futuro?
BM: As minhas expectativas para o futuro é continuar a praticar está modalidade e trabalhar muito para conseguir crescer chegando ao mais alto nível.

PLR: O que te falta ainda conseguir? Quais os teus sonhos?
BM: Falta me conseguir muita coisa pois ainda sou muito novo e ainda tenho um futuro pela frente. Os meus sonhos... Sem dúvida amava ser profissional de hóquei porque é das coisas que mais amo na vida!

Foto: Facebook CH Carvalhos

 workshops para rodapé Noticias VernizGel