a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Barcelos ganha vantagem ...

Quinta-feira , Mai 19 2022
10

Jorge Ferreira deverá ...

Quinta-feira , Mai 19 2022
27

Sete de saída da ...

Quinta-feira , Mai 19 2022
48

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61960

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30682

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24893

CN Sub-17- Zona Sul- 2.ª ...

Quinta-feira , Jun 04 2015
1518

“FériasOK - Verão 2016” ...

Quarta-feira , Jul 20 2016
1770

Agenda e Nomeações de 13 ...

Segunda-feira , Jun 13 2016
1677

ventosaterapia

ItaliavsSuica

 Os Italianos iniciaram da melhor forma a defesa do título europeu Sub17 conquistado em 2014, vencendo a Suíça por 7-2 na sua estreia. O jogo começou com maior posse de bola de parte da Itália, mas a Suíça ia espreitando a baliza italiana, com rápidos contra-ataques. Aos 5’, uma excelente combinação italiana, quase dava golo e só com falta, já dentro da área foi possível anular a jogada. Seguiu-se o respetivo penalti, mas Ehimi Jr. permitiu a defesa a Marc Blöchlinger (Gr), que manteve o 0-0. A Itália ia criando as melhores ocasiões, mas Marc Blöchlinger (Gr) foi adiando o golo italiano, com um punhado de excelentes defesas. Ainda assim, uma falta à entrada da área a 5’ do intervalo foi aproveitada superiormente por Matteo Ninci para fazer o 1-0. Ainda assim, a Suíça respondeu logo na jogada imediatamente a seguir, com Yves Walther a encostar um bom passe ao 2.º poste, fazendo o 1-1. O jogo continuou vivo e seguiu-se novo penalti para a Itália. Francesco Compagno não vacilou e fez o 2-1 para os italianos a 3’ do intervalo. Logo de seguida, o mesmo Compagno com uma “bomba” de meia-distância, fez 3-1 favorável aos italianos ao intervalo. Na 2.ª parte a Itália voltou determinada e com 3’ decorridos aumentou para 4-1, por intermédio de Davide Nadini. A 11’ do final, segue-se penalti favorável à Suíça, que Fabian Althaus converteu, com a bola a escorregar lentamente por baixo de Alessio Perroni (Gr), fazendo o 4-2. A Itália fez o 5-2, a 5’ do final, num golo algo caricato, pois Compagno atinge o guarda-redes helvético com o patim, no instante em que a bola entra. Logo depois uma falta grave de Davide Nadini, deu lugar ao cartão azul, mas Fabian Althays chamado a marcar, não foi capaz de o fazer. Seguiu-se também uma falta grave de Yves Whalter, e embora Compagno não tenha conseguido aproveitar o respetivo livre direto, Davide Nadini chegou a tempo de corrigir a situação e fazer o 6-2 favorável aos italianos, a 7’ do final. Entretanto a Suíça cometetu a 10.ª falta e Matteo Ninci não falhou o respetivo livre direto, fazendo o 7-2, a 4’ do final, resultado que prevaleceu até ao apito final.

Resultados

Classificação

ItaliaVsSuicaFinal

FormaçãoCabeleireiro