a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Resumo SC Tomar- OC ...

Segunda-feira , Mar 08 2021
57

CNF- “póquer” de Marlene ...

Segunda-feira , Mar 08 2021
46

1.ª D-Resumo do SL ...

Segunda-feira , Mar 08 2021
61

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60046

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27986

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22349

Do Hóquei Feminino: ...

Sexta-feira , Nov 17 2017
930

Paulo Morais é o novo ...

Quarta-feira , Abr 29 2020
492

Vídeo de tributo a ...

Sexta-feira , Set 15 2017
2359

2 Barbeiro Março

11059747 1067750043253497 6892202620972348377 n

Dono de um humor negro inalcançável e de uma paixão pelo trabalho específico dos guarda-redes de hóquei em patins contagiante, Ricardo Dias Lopes é um dos guardiões da baliza do Parede FC desde Setembro de 2013.
A dois dias do jogo em Santa Maria da Feira e depois do empate com o CART, o jovem atleta de 22 anos falou com o “Parede FC – Hóquei em Patins” e avaliou as hipóteses do Parede na liguilha de acesso à 2ª Divisão.
Qualquer equipa que chega a esta prova tem qualidade para ganhar em casa ou fora e o facto de termos empatado com o CART não muda nada. Mostrámos que temos talento, potencial e muita fibra. Depois de estarmos a perder durante quase todo o jogo, não virámos a cara à luta e encetámos uma reviravolta de 2-4 para 7-4, proporcionando um grande espectáculo de hóquei em patins a todos os adeptos.
Depois do 7-4 e da euforia que já se vivia nas bancadas, a um minuto e meio do fim, o pesadelo assaltou o coração de todos os paredenses. O CART, em pouco menos de 90 segundos, marcava três golos e chegava ao empate a três segundos do fim, num golo bastante polémico em que o Parede ficou com razões de queixa relativamente à actuação da equipa de arbitragem. Ricardo Lopes fala de tudo isso com pragmatismo, não se desculpando com a negligência do árbitro de mesa:
Faltou à equipa alguma maturidade e experiência para segurar a bola e partir o jogo. O sétimo golo do CART acaba por nascer de um lance muito infeliz para nós que se aliou à confusão na mesa de jogo. Mas esse tipo de coisas pode acontecer a todos os níveis e temos de estar preparados. A selecção nacional também perdeu um europeu a seis segundos do fim. Temos de levantar a cabeça, aprender com o erro e trabalho para que não se repita.
Afastando-se das emoções do jogo, aproveitou ainda para falar sobre um clube e um projecto ao qual se rendeu. Com quatro épocas de Parede FC no currículo, Ricardo Lopes garante que vislumbra mais uma, muito por culpa da massa adepta.
O Parede FC tem o mérito de ter a maior massa adepta da divisão. Os nossos adeptos são um exemplo para todos os clubes e especialmente para os da Linha de Cascais. O apoio deles tem sido fundamental e espero que se faça sentir na Feira e nas Taipas. Se garantimos o acesso à liguilha de promoção a quatro jornadas do fim da fase regular, também foi por culpa desse incrível apoio. Quanto ao futuro, posso dizer que o Parede é um clube que está hoje em dia a pagar as irresponsabilidades cometidas pelos dirigentes do passado. No entanto, tem uma estrutura fantástica e a ambição de melhorar a cada dia que passa. Enquanto essa filosofia se mantiver, continuarei a querer defender as cores do Parede, seja”.
A deslocação a Santa Maria da Feira acontece no próximo Sábado, às 21:00, num jogo que será crucial para as contas do Parede FC na liguilha de acesso à segunda divisão, e que terá como árbitros, Cláudia Rego e António Teixeira do Minho.

Fonte / foto: facebook do Parede FC