a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª Divisão- Resumo do ...

Terça-feira , Out 26 2021
14

Ezequiel Mena- “É ...

Terça-feira , Out 26 2021
7

Supertaça Feminina- ...

Terça-feira , Out 26 2021
9

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61160

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
29455

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
23789

Sporting CP lidera ...

Domingo , Dez 09 2018
766

Resumo HC Braga – HC “Os ...

Terça-feira , Mar 16 2021
327

João Pestana e Pedro ...

Domingo , Ago 21 2016
1796

05 Barbeiro Completo 500h

fpp

Por determinação do Presidente do Instituto Português do Desporto e Juventude, o Regulamento de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências sofreu, um alargamento do respectivo conteúdo (criação do regime simplificado de RVCC).
Como é do conhecimento geral, o prazo para solicitar a emissão de um título profissional de treinador de desporto, com base em qualificações obtidas em cursos realizados antes de agosto de 2012, terminou no passado dia 27 de Fevereiro de 2015, apos um período transitório que durou mais de 3 anos.
Posteriormente, tendo surgido bastantes casos de treinadores que não aproveitaram este regime, embora possuindo uma qualificação de treinador que já legitimava as competências correspondentes, procedeu‐se a uma alteração do regulamento de RVCC criando um regime simplificado de reconhecimento, validação e certificação de competências (RVCC/regime simplificado) em que se valorizam e reconhecem essas mesmas competências.
Contudo, estando o processo enquadrado na via de RVCC,, existe a obrigação de demonstrar experiência profissional na actividade pelo que esta validação vai conjugar os dois elementos em presença, ou seja, o curso realizado e a demonstração de tempo de prática na atividade de treinador.
Este processo exige os seguintes pressupostos:

Para o grau I – 1 ano de exercício da função de treinador;
Para o grau II – 2 anos de exercício da função de treinador;
Para o grau III – 3 anos de exercício da função de treinador.

Assim, um treinador que no passado tenha realizado um curso de treinadores de uma modalidade e para um determinado nível de qualificação e não tenha solicitado o correspondente título de treinador (TPTD), pode agora fazê‐lo seguindo a seguinte metodologia:

1. Registar‐se na Plataforma Prodesporto;
2. Com os dados de acesso validados, entrar na Prodesporto e solicitar o TPTD que corresponde à sua qualificação pela via do RVCC, apresentando para tal os seguintes elementos:
a) Diploma do curso emitido no passado pela Federação de Modalidade, indicando a modalidade, o nível/grau do curso (terminologia seguida na altura) e a data do curso;
b) Comprovativo de experiência profissional emitido pela Federação, ou pela(s) entidade(s) empregadora(s), perfazendo o número de anos exigido para o TPTD que estiver a ser solicitado.
Nota: Qualquer documento apresentado terá de estar devidamente autenticado.

3. Aguardar a apreciação feita pelo IPDJ ao respetivo pedido de emissão que, sendo positiva, faz emitir uma mensagem de correio eletrónico endereçada à pessoa em questão com os dados de pagamento do TPTD solicitado;
4. Efetuado o pagamento e confirmado o mesmo pela SIBS junto do IPDJ, o TPTD solicitado fica então disponível na Plataforma Prodesporto, na página individual do treinador em causa.

Fonte: FPP