a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leoas na Final da Taça ...

Sábado , Jul 02 2022
7

Sub-15- Fase Final- ...

Sábado , Jul 02 2022
7

Sub-19- Fase Final- ...

Sábado , Jul 02 2022
12

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62095

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30890

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25041

Convocatória Seleção ...

Quinta-feira , Mai 04 2017
3587

Cláudio Lima é reforço ...

Quarta-feira , Jun 22 2016
2277

Hélder Nunes- “Estou no ...

Sexta-feira , Jul 17 2020
1165

massagista inicial

SportingCPCERS

Em declarações ao site leonino, os jogadores do Sporting abordaram a conquista da Taça CERS, no passado fim de semana.

André Moreira:
«André Moreira, avançado ‘leonino’, ainda não tinha ‘caído na real’ depois de levantar a Taça CERS. “Estou tão cansado que nem consigo pensar. Foi um jogo de uma exigência extrema, sempre com uma grande preocupação defensiva, a pensar no que o Réus iria ou poderia fazer. Um grande sofrimento que terminou da melhor forma”, destacou.
O título, esse, é dedicado aos adeptos. “Acho que vamos ter muita gente à nossa espera na Portela. Fomos sempre apoiados desde o primeiro minuto e este título vai para esses adeptos que sempre acreditaram em nós. São os maiores”, disse André Moreira, que atribuiu o sucesso da vitória à união da equipa: “Todos merecemos este título. Fomos um verdadeiro grupo e foi isso que nos fez vencer”.»

Nico Fernandéz:
«Não jogar um único minuto dos dois encontros da final a quatro e ter toda a importância no desfecho final marcando uma das duas grandes penalidades que deram a Taça CERS ao Clube de Alvalade: assim se pode resumir a prestação de Nico Fernández, que não escondeu a emoção depois de um ano difícil ao nível pessoal.
“Foi a maior emoção da minha vida. Nunca pensei marcar um golo tão importante. Esperei todo o ano por uma oportunidade destas. Foi uma época de muito sacrifício, de muita entrega e tem sido difícil para mim. Tenho passado por muitas coisas menos boas e a equipa sabe disso. Nunca pensei fazer a diferença numa taça europeia. Perguntaram-me no início da época quantos golos iria marcar e eu respondi 'muitos'. Acabei por não marcar muitos mas este vale por todos aqueles que poderia ter marcado e não marquei”, avança o internacional chileno, que elogia o trabalho da equipa.
“A equipa trabalho muito e os jogadores deram tudo. Temos um guarda-redes de grande nível, para mim o melhor do Mundo. Todos se sacrificaram. Uma palavra para quem veio de Lisboa e acreditou em nós e para a minha família, a minha esposa que tem sofrido com todas as dificuldades que tenho atravessado. Finalmente posso dedicar-lhe um título, assim como à minha família que está no Chile”, salienta.
Em relação à recepção dos adeptos, Nico espera que encham o aeroporto da Portela. “Esperamos muita gente. Que esteja cheio de Sportinguistas! Este título também é deles porque sempre estiveram do nosso lado. A primeira pessoa que quero ver é a minha esposa, que é a única família que tenho em Portugal, pelo que passou este ano e pelo que me apoiou”, conclui.»

Fonte: Sporting CP | Foto: Record.pt