a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Carlos Nicolia " Uma ...

Terça-feira , Jul 16 2019
992

Seleção recebida pelo ...

Terça-feira , Jul 16 2019
384

José Luis Páez " Fomos ...

Segunda-feira , Jul 15 2019
764

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
56983

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
24955

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
19910

Liguilha - Vítor Hugo " ...

Sexta-feira , Jun 03 2016
1058

WRG 2019 - França nas ...

Quinta-feira , Jul 11 2019
797

"CERS visa guarda-redes ...

Terça-feira , Nov 07 2017
2381

interioresinteriores

fotofinaltorneiotomar

Durante tres dias, Tomar esteve no epicentro do hóquei em patins juvenil, com o “Jácome Ratton” a ser o palco desta festa, que reuniu algumas das melhores formações portuguesas nos vários escalões. Uma constelação de jogadores internacionais, sub-17 e sub-20, acrescentaram ainda mais qualidade num dos melhores torneios que actualmente se realizam em Portugal.
Todos esses pressupostos só podiam mesmo dar muita qualidade e moção à maioria das partidas que se realizaram neste evento. Grande Torneio, com jogos espectaculares, desde Benjamins a Sub-20, onde os artistas esmeraram-se para dar o seu melhor perante uma bancada quase sempre cheia de apoiantes e entusiastas da modalidade. Foram 37 partidas divididas em 3 dias, 26 equipas, cerca de 260 atletas, e muita animação e de emoções soltas, aquilo que se viveu em Tomar.
Foi sem dúvidas um regalo à vista ver não só as partidas, como também ver um pavilhão praticamente cheio a acompanhar de perto e a vibrar com as incidências dos jogos.

Benjamins
O SC Tomar conquistou este escalão vencendo as tres partidas que disputou.
A decisão ficou para a ultima jornada, com o SC Tomar e o Oeiras empatadas a 6 pontos. Aí a equipa da casa acabaria por se superiorizar, vencendo a formação da linha por 4-1, conquistando o troféu mais ambicionado.
Classificação Final
1.º SC Tomar, 9; AD Oeiras, 6; AA Coimbra, 3; União FE, 0

 Escolares tc

Escolares
Triunfo neste escalão para a Académica de Coimbra, num grupo onde o Oeiras foi o seu mais directo adversário. No entanto a equipa da Briosa, no confronto directo com a equipa de Oeiras a levar a melhor e a vencer por 4-2. Na última jornada empate entre a Académica e o Mealhada a uma bola, nada que impedisse que a formação da cidade dos estudantes levasse o troféu mais ambicionado.
Classificação Final
1.º AA Coimbra, 7; 2.º AD Oeiras, 6; 3.º SC Tomar, 3; 4.º HC Mealhada, 1

FCP Infantis

Sub-13
Era a grande favorita à conquista deste Torneio “Centenário” neste escalão e provou em rinque que era claramente superior aos seus adversários. Estamos a falar do FC Porto, que venceu as tres partidas que disputou tendo ainda deixado patente a sua capacidade ofensiva, ao apontar 28 golos e a sofrer apenas 3, deixando o registo do melhor ataque e a defesa menos batida.
A formação Portista chegou ao ultimo encontro em igualdade pontual com o SC Tomar mas no confronto directo com os ribatejanos a equipa do Dragão a não deixar os créditos por mãos alheias e a vencer por 4-1.
A equipa do FC Porto neste escalão é claramente uma das grandes candidatas ao título nacional da categoria, a par do SL Benfica na zona sul do nacional de sub-13. Mostrou qualidade de sobra e muito hóquei, e foi sem surpresas que conquistou este Torneio.
Classificação Final
1.º FC Porto, 9; 2.º SC Tomar A, 6; 3.º AP Alentejo, 3; 4.º SC Tomar-B, 0

AD Valongo Iniciados

Sub-15
Neste escalão o Valongo era à partida a equipa mais habilitada a vencer este torneio e isso confirmou-se no final das tres jornadas disputadas.
Para além do Valongo, que tem no seu seio a base da selecção da AP Porto que na semana anterior venceu o Inter-Regiões na Mealhada, havia a curiosidade de saber se o SC Tomar, líder da Zona C do nacional da categoria e com a maioria dos jogadores que estiveram na Mealhada em representação do Ribatejo e o Paço de Arcos que ocupa a segunda posição da série D, embora com um jogo a menos que o líder Benfica, e que ainda não sofreu qualquer derrota neste nacional.
Mas dentro de rinque o melhor conjunto foi sem dúvidas a formação do Valongo com Hugo Azevedo, o seu técnico a gerir a equipa de forma inteligente e mesmo sem colocar as “trutas” todas ao mesmo tempo dentro de rinque, ainda assim venceu de forma clara este escalão. Depois do empate a tres bolas entre SC Tomar e Paço de Arcos, ficou claro que o 1.º lugar dificilmente fugiria ao Valongo. Na ultima ronda confronto entre os ribatejanos e o Valongo com a equipa nortenha a vencer por 4-2.
Também aqui ficou patente a grande qualidade da formação do Valongo neste escalão, que por aquilo que temos presenciado é uma das grandes candidatas ao título nacional, pertença da equipa do FC Porto.
Classificação Final
1.º AD Valongo, 9; 2.º CD Paço Arcos, 4; 3.º SC Tomar- A, 4; 4.º SC Tomar- B, 0

FCP Juvenis

Sub-17
FC Porto partia nesta escalão como o grande candidato à conquista do 1.º lugar e isso confirmou-se no final das tres jornadas que se disputaram.
Num escalão deveras equilibrado, foi mesmo a equipa do FC Porto a destoar, pela positiva, naturalmente, e a chegar, ver e vencer sem grandes dificuldades.
A equipa portista que teve ainda o andicap de ter vindo directamente de um jogo do nacional da categoria onde vencera o Fânzeres e ainda nesse mesmo dia à noite ter disputado o primeiro dos tres jogos. Depois de uma viajem desgastante, ainda assim a não facilitar e a levar de vencida a equipa do Paço de Arcos.
E nas duas partidas seguintes, triunfos sobre a Sanjoanense e a finalizar sobre a formação de Tomar, somando ainda o melhor ataque e a defesa menos batida. Outra das equipas que, ou nos enganamos muito, ou será uma das finalistas e grande candidata ao título da categoria, pertença para já, do HC Braga.

Classificação Final

1.º FC Porto, 9; 2.º CD Paço Arcos, 3; 3.º SC Tomar, 3; 4.º AD Sanjoanense, 3

 SLB Juniores

Sub-20
Era talvez, o escalão mais equilibrado com tres equipas que são das melhores neste escalão na prova nacional. AD Valongo, actual campeão nacional, SL Benfica e Sporting CP, eram o sinal de que emoção, e partidas de excelência não faltariam. E foi o que aconteceu. A começar pela partida entre o SL Benfica e o Sporting com a vitória a sorrir nos segundos finais aos encarnados, por 2-1. Na partida seguinte nova derrota do Sporting e pelo mesmo resultado frente ao Valongo, duas partidas onde ficou patente o equilíbrio de forças, com a formação leonina a ser uma boa surpresa pela forma como enfrentou dois dos maiores candidatos ao título nacional, deixando antever um resto de prova nacional onde ainda pode surpreender os mais distraídos.
Na partida final deste torneio enfrentaram-se o SL Benfica e o AD Valongo, que decidia quem levaria o troféu mais ambicionado. Grande partida entre estas duas formações, e aí foi o Benfica a superiorizar-se onde mostrou muita consistência defensiva e teve no seu ataque a capacidade de saber esperar pela hora certa para vencer a partida por 4-1. Em rinque uma mão cheia de internacionais das duas equipas, cerca de metade dos atletas convocados, o que dá uma ideia da qualidade que ali rolou nesta partida.
O Benfica repetiu o triunfo deste prestigiado torneio e deixou explicito, que a par do Valongo são, talvez as mais sérias candidatas a vencer o campeonato nacional.
Classificação Final
1.º SL Benfica, 9; 2.º AD Valongo, 6; 3.º Sporting CP, 3; 4.º SC Tomar, 0

CALENDARIOJOGOS TTOMAR