2div sul

Após dois terços da prova estarem concluídas, se na frente a AE Física vai mantendo uma vantagem segura para quem a persegue, no caso, o SC Tomar, Grândola e SL Benfica-B, cá em baixo a história é outra.
Muitas equipas com pouca diferença pontual, na luta pela permanência na segunda divisão.
A AE Física recebeu e venceu sem grandes dificuldades a equipa do Sesimbra, quebrando um ciclo de sete jogos sem perder para a formação de Artur Pereira. Mesmo privada ainda no primeiro tempo de Vicente Alves que viu um vermelho e a vencer só por 1-0, a equipa de André Gil na segunda parte garantiu o triunfo com tres golos sem resposta, e mantem a liderança isolada com 46 pontos, mais 4 que SC Tomar e Grândola.
O Grândola que recebeu no passado Sábado no “José Afonso” a equipa do BIR, só descansou mesmo na parte final do encontro, numa partida onde o conjunto de Valado dos Frades foi respondendo com golos aos avanços da formação local. Segunda parte de muitos nervos onde o conjunto de João Sousa chegou a reduzir para 4-3, mas perto do final da partida Rúben Silva a descansar os apaniguados do Grândola ao fazer o 5-3 a garantir os tres pontos para a formação de Nelson Mateus.
Quanto ao SC Tomar deslocou-se a Sintra e venceu por 4-2. Jogo insonso, mas ainda assim o conjunto nabantino a ganhar vantagem cedo e a segurar o triunfo num rinque sempre incómodo para quem o visita.
No “Albano Mateus” no Entroncamento, mandou a equipa B do SL Benfica, ao vencer por 6-1 a equipa do União FE. Embora com tres empates consentidos no seu reduto a equipa unionista era a par do SL Benfica e da AE Física, as únicas que ainda não tinham perdido intramuros.
Aconteceu este sábado, com a formação de Jorge Godinho a superiorizar-se de forma clara e a vencer a equipa local. Destaque neste encontro para Tiago Jorge com um hat trick em dia de aniversário.
Nos Açores a equipa da Salesiana a surpreender o conjunto do Marítimo ao vencer por 7-6 num jogo onde a incerteza no resultado foi até praticamente ao final do encontro. Com Carlos Guimarães a fazer quatro golos, coadjuvado por Bruno Botelho com dois, a equipa de Luís Duarte respondeu, em particular pelo inspirado Alexandre Duarte que à sua conta também apontou 4 golos e que teve em João Oliveira (2) e Tiago Monteiro a garantia do triunfo por terras açorianas.
Em Alenquer jogo entre aflitos com o triunfo a sorrir à equipa de Luís Moreira por 7-4 frente ao Vasco da Gama. A vencer por 3-0 ainda na primeira metade, o Alenquer viu o conjunto que viajou de Sines chegar ao empate a 4 bolas já na segunda metade. Valeu a atitude da equipa do Alenquer e em particular a inspiração de Pedro Lourenço a marcar os últimos tres golos e a garantir os preciosos tres pontos para a formação da Vila Presépio.
Por fim em Oeiras a equipa de Carlos Pires a voltar aos triunfos, ao vencer o Nafarros por 4-2. A vencer por 2-0 ao intervalo, ainda viu o conjunto de Pedro feliz reduzir, mas Tiago Rosa e Tiago Nogueira a sossegarem a plateia e a garantirem o triunfo nesta partida.

Entretanto realizou a partida que se encontrava em atraso referente à 19.ª jornada, entre o Marítimo e o Vasco da Gama, com a formação açoriana a vencer os viscainos por 5-3, com os supeitos do costume a “facturarem”. Carlos Guimarães voltou a apontar quatro golos e Bruno Botelho a assinar o outro tento da equipa orientada por Júlio Soares.
Com este triunfo a equipa insular, embora mantendo a última posição, tem agora os mesmos pontos do Alcobacense, ambas com 15 pontos.

Resultados / Classificação Geral