a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Hélder Nunes - "Um ...

Quarta-feira , Abr 08 2020
22

FPP- Performance- ...

Quarta-feira , Abr 08 2020
94

"Voltar a jogar, sim, ...

Quarta-feira , Abr 08 2020
64

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58479

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26360

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20991

Carlos Nicolia: ...

Quinta-feira , Dez 04 2014
1491

Formações Creditadas na ...

Terça-feira , Mar 13 2018
630

Alberto Martinho renova ...

Quinta-feira , Jul 16 2015
999

interiorespluri unhas J

sct ads 1

SC Tomar – AD Sanjoanense 4- 3 (GOLO DE OURO)

O SC Tomar eliminou este sábado a Sanjoanense por 4-3 em golo de Ouro e segue para os oitavos de final da Taça de Portugal.
Partida intensa, com incertezas no marcador, mas com os leões de Tomar a conseguirem a vitória, que diga-se se aceita plenamente pelo jogo que realizaram, num encontro que teve nove situações de bola parada (cinco para a AD Sanjoanense e 4 para o SC Tomar) mas onde o aproveitamento foi de apenas dois e para a Sanjoanense.
Início de partida onde o equilíbrio foi nota dominante nos primeiros quinze minutos. Foi o SC Tomar a inaugurar o marcador por intermédio de Ivo Silva aos 14 minutos numa jogada de contra ataque com o capitão leonino a dar o melhor seguimento a um passe de Filipe Almeida. A Sanjoanense empatou segundos depois por Chico Barreira na transformação de uma GP. Com o jogo aberto foi novamente a equipa tomarense a ganhar dianteira com Filipe Almeida no seguimento de uma jogada individual anichar a bola no fundo das redes da baliza defendida por Marco Lopes, estavam decorridos 16 minuto de jogo. Até ao intervalo, foi a equipa local a controlar o jogo e a ser a mais perigosa em rinque.
Segunda metade mais mexida com as equipas a procurarem vencer, e onde as oportunidades surgiram para os dois lados, embora fossem do SC Tomar as mais flagrantes, mas uma grande exibição de Marco Lopes a anular uma atrás da outra as situações de golo que os avançados leoninos e iam criando.
Ivo Silva aumenta para 3-1 aos 9 minutos de jogo e depois de Chico Barreira ter desperdiçado um LD a castigar a 10.ª falta leonina e o SC Tomar a não aproveitar um LD e uma GP.
A Sanjoanense reduziu para 3-2 a cinco minutos do final e a um minuto do apito para o términus de jogo chega ao empate com os tentos a serem de autoria de Chico Barreira.
sct ads 2Mas a inda antes do final do jogo a 13 segundos do apito da mesa, o SC Tomar dispõem de um LD a castigar um CA mostrado a Tiago Ferraz, mas David Costa não consegue desfeitear o guardião da Sanjoanense.
Com o empate a subsistir teve que se recorrer ao prolongamento e seria o SC Tomar a fazer o 4-3 em golo de Ouro por Filipe Almeida, a 3.35 do intervalo do prolongamento, numa fase em que a equipa de Vítor Pereira jogava com menos um jogador de campo.
Explosão de alegria na massa associativa dos ribatejanos e naturalmente dentro de rinque com a equipa leonina a garantir a passagem à fase seguinte da prova.
Triunfo que se aceita pela atitude guerreira que a formação de Nuno Domingues mostrou em rinque, não se intimidando com o status da equipa que defrontou, justificando a vitória que só não foi mais cedo, muito por culpa da portentosa exibição de Marco Lopes.

SPORTING CLUBE DE TOMAR
Marco Gaspar (gr), Ivo Silva (2), Luís Silva, João Lomba, Filipe Almeida (2); Daniel Leal, André Silva, David Costa, Aaron Cathcart e Daniel Leal (gr)

AD SANJOANENSE
Marco Lopes (gr), João Oliveira, Tiago Ferraz, Pedro Cerqueira, Chico Barreira (3); Alfredo Nogueira, Filipe Leal, Afonso Santos, Roberto Ribeiro e David Nogueira (gr)

Fotos: António Antunes