a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

1.ª D- Resumo do SC ...

Quinta-feira , Jan 20 2022
14

Tiago Rodrigues- “Isto é ...

Quinta-feira , Jan 20 2022
12

1.ª D- Resumo do ...

Quinta-feira , Jan 20 2022
10

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61631

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30157

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24451

Valter Neves antevê jogo ...

Quarta-feira , Mar 04 2015
1941

Esta quinta Feira HC ...

Quinta-feira , Abr 12 2018
1112

Massimo Tataranni deixa ...

Segunda-feira , Dez 29 2014
2361

3 Cabeleireiro Inicial

Terronia

CCD Ancorense Seniores

O CCD Ancorense recebeu e venceu a AA Coimbra, em jogo da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal por 6-5 após penaltis, depois de a partida ter acabado empatada a 4 bolas, após tempo regulamentar mais prolongamento. Num jogo equilibrado, a AA Coimbra (1.º classificado da 3.ª Divisão Centro), visitou o Ancorense, (3.º classificado da 3.ª Divisão Norte) e a equipa do Alto-Minho acabou por ser mais feliz na lotaria das grandes penalidades. Ainda assim, foram os “estudantes” a entrar melhor, com David Domingues e Vasco Martinho a colocarem a Académica a vencer por 0-2. A reação da equipa da casa veio por Rui Caçador, que reduziu para 1-2, mas ainda antes do intervalo, Vítor Vieira aumentou para 1-3, fechando o resultado ao intervalo. Na 2.ª parte até foram os estudantes a aumentar para 1-4, mas o CCD Ancorense ainda foi a tempo de recuperar a desvantagem e César Pinheiro reduziu para 2-4, para seguidamente Marco Viana fazer o 3-4. A partida estava empolgante, qualquer das equipa poderia marcar e Rui Silva a castigar a 10.ª falta da Académica, faz o empate a 4 bolas, levando o jogo para prolongamento. Durante o prolongamento, não houve qualquer golo, sendo necessário recorrer às grandes penalidades. Aqui, o CCD Ancorense foi mais feliz e fez dois golos. Na primeira ronda de 5 penaltis, as equipas terminaram empatadas com um golo para cada lado, com Rui Caçador pelo CCDA e Gonçalo Oliveira pela AAC a serem eficazes. Na morte súbita, César Pinheiro marcou para o Ancorense, mas Gonçalo Oliveira não teve a mesma arte e o CCD Ancorense acabou por vencer a partida por 6-5, seguindo em frente na Taça de Portugal.

Taça de Portugal - Resultados da 3.ª Eliminatória