a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Hélder Nunes - "Um ...

Quarta-feira , Abr 08 2020
12

FPP- Performance- ...

Quarta-feira , Abr 08 2020
57

"Voltar a jogar, sim, ...

Quarta-feira , Abr 08 2020
43

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
58479

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
26359

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20990

Tiago Rodrigues assina ...

Quinta-feira , Jul 06 2017
2337

Júnior João Pedro Lajoso ...

Segunda-feira , Jul 28 2014
2149

Mais Entrevistas do ...

Quinta-feira , Jul 21 2016
1078

interiorespluri unhas J

1.ª divisãonacional

Com um terço do campeonato já realizado, FC Porto e SL Benfica lideram com o Sporting CP por perto. Foi preciso esperar muitos anos para vermos os chamados “três grandes” estarem tão perto um dos outros e a lutar pelo título nacional da categoria. Excelente não só pelas equipas, mas acima de tudo pela emotividade que esta luta entre “rivais “ trás à modalidade.
Esta 10.ª jornada tem a particularidade de qualquer delas jogar foras de portas e curiosamente nenhuma delas poderá sorrir do seu destino, pois tanto Dragões, como Águias e Leões tem tarefas bem difíceis pela frente.
O FC Porto desloca-se ao Minho, até Barcelos onde terá que se haver com a equipa de Paulo Freitas. Jogo que se antevê intenso e equilibrado. O Benfica que já visitou aquela casa saiu de lá com um empate arrancado a ferros e num jogo que teve polémica QB. O FC Porto de Tó neves pode contar com uma equipa guerreira e que vai lutar pelos tres pontos em disputa.
Quem também viaja até ao Minho é o SL Benfica que será visita ao Pavilhão “Monserrate” em Viana do Castelo. A formação de Pedro Sampaio que vem de uma derrota no “Dragão Caixa” tem em Luís “Zorro” Viana o seu mais temível jogador numa equipa que no todo é extremamente perigosa. Pedro Nunes deve saber bem aquilo que espera ao conjunto que lidera. Muito trabalho e poucas desatenções é aquilo que Pedro Nunes deverá pedir aos seus pupilos se quiserem sair do Minho com os tres pontos.
O Sporting CP desloca-se a Oliveira de Azeméis e terá no “Dr. Salvador Machado” recepção à altura do estatuto das duas equipas. Com a equipa da Oliveirense a mudar de “mãos” à uma semana, depois da saída de Vítor Fortunato, foi até Almeirim vencer o HC Tigres, mostrando “roupagem” nova com Tó Silva a ser o novo timoneiro.
Jogo onde a balança poderá cair para qualquer dos lados. Mas o certo, certo, é termos a oportunidade de assistir a uma grande partida entre duas equipas que tem como objectivo o topo da classificação.
O “Casablanca” recebe os “Brutos dos Queixos”. O Paço de Arcos a vir de um triunfo na deslocação à Póvoa e depois de um defeso onde grandes mexidas, parece aos poucos voltar aos “bons e velhos tempos” da luta pela europa. Paulo Garrido tem-se imposto e está a deixar uma imagem de qualidade nesta formação da linha. Quanto ao Turquel a fazer um campeonato um pouco abaixo daquilo que mostrou em épocas anteriores, não deixa no entanto de ser um conjunto onde o colectivo e a atitude guerreira dos seus jogadores terá que ser sempre levado em linha de conta.
O Municipal de S. João da Madeira recebe no sábado a equipa campeã nacional, a AD Valongo. A Sanjoanense depois do empate imposto à Juventude Viana foi à Luz e saiu vergada a uma derrota pesada. Confronto entre duas formações com objectivos distintos, mas que em rinque poderão esbater as diferenças colectivas. A jogar entre os seus o conjunto da Sanjoanense pode fazer estragos na equipa que viaja de Valongo e que esta temporada tem alternado entre o bom e menos bom nos jogos que realizou.
Nos Açores o Candelária recebe o Póvoa numa partida onde a equipa orientada por Hugo Gaidão tem oportunidade de somar os tres pontos em disputa. Derrota, mas não convencida, na última jornada no Pavilhão do Livramento na Azoeira frente ao Sporting CP, a formação açoriana deixou implícito que está a subir de forma e que começa a ser um conjunto que está de forma clara a querer ocupar um dos lugares de acesso à europa.
Por fim nos Carvalhos a equipa de Rui Fernandes recebe os Tigres. Jogo onde o factor casa poderá pesar nas contas finais. Duas equipas do “mesmo Campeonato” e que lutam por conquistar pontos para sair da zona incómoda da descida. Jogo onde o equilíbrio deverá ser latente e onde os pequenos erros vão com quase toda certeza fazer a diferença no final da partida.

Agenda de Jogos

Classificação Geral