a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª Norte- Póquer de ...

Segunda-feira , Mai 16 2022
11

LE- Final- Resumo do ...

Segunda-feira , Mai 16 2022
12

Edo Boch- “o jogo de ...

Segunda-feira , Mai 16 2022
13

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
61958

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30671

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
24888

Resumo do Hostelcur ...

Domingo , Mar 18 2018
1187

Resumo 24.ª Jor. 1.ª ...

Domingo , Jun 04 2017
2935

Sorteio 16-Avos da Taça ...

Segunda-feira , Dez 20 2021
327

ventosaterapia

FCP Nelson Filipe
O FC Porto recebe amanhã, o CH Carvalhos, em jogo que está em atraso, relativo à 5.ª Jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão. Esta partida poderá dar ao FC Porto, em caso de vitória, a liderança partilhada do Campeonato Nacional. Nelson Filipe em antevisão à Porto Canal e www.fcporto.pt, afirmou que os Dragões querem voltar à primeira posição e defende que a equipa precisa de fazer um jogo “competente” e encarar a partida com “seriedade” para levar de vencida o 11.º classificado da competição. “Estamos numa fase inicial do campeonato, mas claro que é sempre melhor estar na liderança. Sabemos que, neste momento, não estamos em primeiro porque temos este jogo em atraso e o nosso objetivo é ganhar o jogo para voltar à nossa posição, que é aquela onde queremos estar até ao final”, referiu o guarda-redes dos Dragões. Nélson Filipe não esconde que os comandados de Tó Neves são favoritos frente ao Carvalhos, mas adverte contra facilitismos: “Estas são equipas que contra as equipas grandes tentam sempre fazer uma surpresa e agigantar-se um bocado, porque são aqueles jogos em que não têm pressão nenhuma. Não é um jogo do campeonato deles e é uma partida em que tentam conquistar um ou outro ponto. A nossa missão é contrariar isso e, claro, ganhar mais um jogo rumo ao nosso objetivo”. O guarda-redes disse ainda não querer desperdiçar “a oportunidade que apareceu” e que lhe permite ser titular dos portistas (face também ao castigo a Edo Bosch), destacando ao mesmo tempo o bom momento da equipa: “Mais importante do que as minhas exibições individuais é o coletivo e, nesse sentido, temos conseguido fazer bons jogos e alcançar boas vitórias. Com a ajuda dos meus colegas acabo por conseguir boas prestações”.

Fonte/Foto: FC Porto