a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

“No Dragão não podemos ...

Terça-feira , Jun 28 2022
26

“Carlitos” é aposta da ...

Terça-feira , Jun 28 2022
51

No Dragão Arena para ...

Terça-feira , Jun 28 2022
20

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
62082

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
30875

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
25027

AP Lisboa- Treino da ...

Terça-feira , Dez 13 2016
1824

FPP- Centro de Treino ...

Terça-feira , Mai 30 2017
2746

Mealhada volta a ser ...

Terça-feira , Set 25 2018
1118

massagista inicial

jorge-silva-hoquei-porto1
O FC Porto recebe esta quarta-feira, às 21h00, no Dragão Caixa a UD Oliveirense, em partida da 3.ª Jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão. Depois de um fim de semana vitorioso, em que os dragões venceram categoricamente frente ao Valdagno, para a Liga Europeia, esta será certamente uma partida importante para as contas da classificação. Na antevisão da receção à Oliveirense, marcada para esta quarta-feira, às 21h00, Jorge Silva inclui o conjunto de Oliveira de Azeméis no lote de candidatos ao título, mas deixa uma garantia: os Dragões querem continuar 100 por cento vitoriosos no campeonato. “Temos a noção de que será um jogo complicado, pois a Oliveirense tem uma excelente equipa, que deve assumir-se como candidata ao título. Jogamos em casa e acreditamos que somos superiores, pelo que vamos dar tudo para conquistar os três pontos. Queremos continuar só com vitórias no campeonato e mantermo-nos no topo da tabela”, declarou o avançado portista ao Porto Canal e www.fcporto.pt, no lançamento do desafio com os oliveirenses. Esperando uma Oliveirense fechada e a explorar o contra-ataque, Jorge Silva acredita que os Dragões têm a lição estudada. “Têm um treinador novo, que privilegia o sector mais defensivo, por isso acreditamos que irão adotar uma postura mais fechada, a tentar surpreender-nos no contra-ataque. Estamos preparados e só temos de fazer aquilo que sabemos e trabalhamos todos os dias”, prosseguiu o avançado portista, feliz por ter regressado à competição no triunfo sobre o Valdagno. “É sempre difícil estar de fora e cria-se alguma ansiedade, mas estou feliz por já ter voltado a jogar e estou muito motivado para ajudar os meus companheiros. Ainda falta o Edo, mas todos juntos somos mais fortes”, acrescentou.

Resultados

Classificação

Foto/Fonte/Vídeo: FC Porto