a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Ok Liga continua a rolar

Sexta-feira , Out 30 2020
89

O campeonato N1 (França) ...

Sexta-feira , Out 30 2020
40

Rui Lança- “há um ...

Sexta-feira , Out 30 2020
160

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59563

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27455

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21851

Comunicado FPP - ...

Sexta-feira , Nov 10 2017
1124

FC Barcelona vence Taça ...

Segunda-feira , Out 01 2018
510

Veja mais Flash ...

Quarta-feira , Dez 23 2015
931

Pluriform PP1

d6450df4c9c1e31c265626b11c4d03b2-gCarlos Pires é o actual técnico da AD Oeiras, Clube Histórico na modalidade, e onde este técnico tem mostrado trabalho.

Fomos ao encontro dele, para falarmos um pouco mais da realidade do Clube.
Falamos da sua equipa, dos objectivos, da formação que se faz em Oeiras, da relação que tem com o Clube, das ambições e preocupações que ele como técnico e como desportista sente no dia a dia. Foi uma conversa amena, serena perante uma pessoa afável, e que mostra uma ambição grande, mas realista no projecto que tem entre mãos.
Começamos por questionar o técnico Carlos Pires sobre a equipa sénior, que é considerada, nos “mentideiros” como uma das mais fortes candidatas à subida. Quisemos saber o que ia na alma de Carlos Pires e se ele concordava: “Mais do que concordar, apenas temos a ideia e o objecto de vencer cada jogo. Sabemos que a segunda divisão é extremamente competitiva, foi notória na época transacta, e pensamos que se mantivermos todo o plantel com o espirito de conquista e de vitória, pensamos que cada jogo será um desafio para nós e onde quereremos alcançar os três pontos.
Pois no fim como é apanágio dos treinadores dizer que se fazem as contas, que as contas estejam do nosso e no lugar que ambicionamos”.

18343 104308016258988 6342835 nA equipa foi reforçada com atletas de qualidade, integrando e adaptando-se a um grupo novo. “A adaptação está a ser normal, é um processo que é feito e que temos o cuidado de o preparar bem, mas de qualquer de forma são jogadores já com alguma experiência e que estão habituados a colher desafios, uns mais que outros. Nós que estamos no Clube estamos a trabalhar de forma para que a integração seja feita de forma natural e achamos que trazem mais qualidade e são uma mais valia para a equipa”.
Depois de algumas semanas a trabalhar nota-se já a diferença comparativamente à época transacta. Carlos Pires explicou porquê. “Quem acompanhou a equipa do ADO apercebeu-se que a meio da época passada sofreu algum desequilíbrio, teve que recorrer a juniores, por motivo da saída de alguns atletas que por motivos profissionais tiveram que abandonar a modalidade. A certa altura do campeonato tínhamos uma equipa muito jovem, mas que ainda assim deram o seu melhor, mostrando que a nível da formação estamos no bom caminho”, referiu.

Voltamos a insistir na tecla do favoritismo na prova e a sua opinião sobre a concorrência, mas Carlos Pires mostrou dotes defensivos (ou não tivesse ele, sido guarda-redes). “Como disse no início, o rótulo que vão colocando às equipas e no nosso caso, que rejeitamos esse rótulo de equipa candidata, trabalhamos apenas durante a semana para conquistar os 3 pontos no jogo seguinte, e isso vai ao encontro daquilo que é a 2.ª divisão.
Claramente que temos duas equipas que pelo facto de virem da 1.ª divisão, e trazem com elas experiencia, ritmos diferentes e uma qualidade maior que aquela que encontramos na segunda divisão, e que são o SC Tomar e a AE Física D. De qualquer forma é uma zona extremamente competitiva, com equipas que vão lutar diariamente e semanalmente por um lugar cada vez melhor o que torna difícil fazer prognósticos.
Sem dúvidas que há equipas que podem ambicionar algo mais neste campeonato, mas olhando de forma critica para o leque de equipas, sem dúvidas que o SC Tomar e a AE Física são as mais habilitadas”.

Formação
O Oeiras cada vez mais trabalha a sua formação a partir dos Bambis

"O Oeiras cada vez mais trabalha a sua formação a partir dos Bambis. No caso dos Juniores que é o patamar imediatamente anterior ao escalão de seniores com a entrada do Nuno Henriques, a época foi pensada e quando se contrataram jogadores juniores, foi-lhes dito que o trabalho iria ser em parceria com os seniores. Todas as semanas irão treinar conjuntamente com a equipa sénior atletas dos juniores de forma à sua integração ser gradual e até pelo facto de a equipa sénior ter um lugar em aberto que será ocupado por um júnior. Isso vai faze-los crescer ainda mais, motiva-los para um trabalho mais sério e competitivo.
E naturalmente que o Oeiras ganha também com isso, até porque cada vez mais ambiciona que estes miúdos cheguem a uma equipa sénior, o que trará alguns benefícios para a equipa.
Na questão de Juniores o Clube, reforçou-se sem dúvidas, e é bom lembrar que neste momento a equipa sénior tem dois atletas da “cantera”, como são o João Santos (gr) e o Roger (jc). Isto só mostra o trabalho que estamos a fazer e por outro lado cativou outros atletas a ingressar no Oeiras".

Sinto-me feliz em Oeiras37973 141395582550231 5835712 n

São duas épocas e meia a trabalhar no Oeiras, e a relação não podia ser melhor com os responsáveis do Clube. Falta mesmo a cereja no topo do bolo. Como treinador e a exemplo dos outros ambiciono sempre mais, ganhar e chegar o mais longe possível, estou extremamente satisfeito com as condições que o Clube me tem oferecido, trabalhamos diariamente para conseguir ter melhores condições e aí há uma comunhão de ideias nesse campo, e eu pessoalmente sinto que o Clube está realmente no bom caminho, merece um Pavilhão que vá ao encontro de todos os interesses, não só dos treinadores como dos sócios. Sinto-me perfeitamente integrado, juntamente com toda a família do Oeiras, e sinto-me naturalmente feliz”.

Treinador do Oeiras / Selecção Nacional
é uma oportunidade única de representar a selecção nacional

"Eu por norma na minha vida, tanto pessoal como desportiva, cultivo cada vez mais a abrangência de funções, procurando cada vez expandir os conhecimentos de determinadas áreas. Este é um exemplo. Desde o primeiro dia que o Oeiras aceitou este processo, e no caso o Presidente do Oeiras autorizou este meu complemento, e a quem estou eternamente grato, porque é uma oportunidade única de representar a selecção nacional e dar o nosso contributo a qualquer escalão da selecção nacional.
A estrutura está preparada, e dentro em breve realiza-se o campeonato do mundo em França e estamos a preparar a minha ausência temporária, de forma a que o trabalho não sofra quebras".

Torneio de Oeiras

"O objectivo do Torneio é dentro do plano de preparação de início de época com vista a participação ao campeonato nacional.
São quatro equipas que vão garantir quatro jogos de grande qualidade e vão garantir espectáculo com toda a certeza no Pavilhão do Oeiras. São duas equipas de 1.ª divisão (SL Benfica e CD Paço Arcos) favoritas a vencer este torneio, mas que terão pela frente duas equipas ambiciosas que tudo farão para vencer".