a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

O tributo de Hélder ...

Segunda-feira , Mar 01 2021
25

Resumo SL Benfica- UD ...

Segunda-feira , Mar 01 2021
21

Leoas sem piedade das ...

Segunda-feira , Mar 01 2021
78

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
60023

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27958

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
22325

Taça de Aveiro - ...

Segunda-feira , Mai 11 2015
1104

Convocados da AP Minho ...

Quarta-feira , Fev 14 2018
1069

Uma Oliveirense magoada ...

Domingo , Dez 13 2020
738

2 Barbeiro Março

minOs três atletas do Minho, não ficaram satisfeitos com o 3º lugar que a selecção obteve no europeu de sub 17 em França.
Ao Hoquei Minhoto Gabriel Costa, Gonçalo Meira e Pedro Silva referiram que a posição de bronze soube a pouco

Gabriel Costa " Penso que apesar do terceiro lugar, saímos de cabeça erguida da prova. Sempre acreditamos no nosso valor. Ao longo da prova mostramos que tínhamos equipa para chegar ao titulo que era o nosso desejo. A sorte também não esteve do nosso lado e em certos momentos dos jogos, os mais importantes não tivemos capacidade para "matar" a partida. "

Gonçalo Meira " Foi um europeu de grandes selecções com jogos emotivos. Não existiram jogos fáceis como provam as surpresas feitas diante as denominadas equipas favoritas.
A medalha de bronze não deixa ninguém satisfeito. Sinto que tínhamos equipa para chegar a uma melhor posição. O jogo da meia final correu mal porque não conseguimos impor a nossa estratégia. Apesar disso contra a Espanha todos fizemos o melhor mas não foi possível. Vamos levantar a cabeça porque oportunidades não faltarão no futuro. Não foi um europeu como gostávamos que fosse. Era o primeiro lugar que queríamos e isso não foi alcançado."

Pedro Silva " Portugal tinha equipa para ganhar o Europeu. Nas meias finais contra a Espanha não fomos feliz e tivemos algum azar em certos momentos do encontro que acabaram por ser decisivos. A Espanha e a Itália são sempre grandes selecções. O bronze que obtivemos foi uma medalha que não nos deixou satisfeitos. Queríamos muito ganhar. Foi um Europeu que apesar de não termos ganho serviu para aprendermos e aperfeiçoarmos para o futuro. O piso do pavilhão também não ajudou. Os nossos adversários estão habituados a treinar nesse tipo de ringue. Não serve de desculpa para o terceiro lugar. O futuro com muito trabalho e entrega será vitorioso."

foto: Hoquei Minhoto