a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leões perdulários, ...

Sábado , Nov 28 2020
25

OC Barcelos derrota HC ...

Sábado , Nov 28 2020
29

Argentinos Platero e ...

Sábado , Nov 28 2020
32

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
59647

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
27536

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
21943

3.ª Div. Centro - ...

Segunda-feira , Out 27 2014
2372

SC Tomar oferece vitória ...

Domingo , Dez 17 2017
944

1.º Estágio de Guarda ...

Segunda-feira , Set 12 2016
2024

Pluriform PP1

119193725 10157141316846923 8400400838162076596 n

A equipa do Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu, neste sábado de manhã, o Riba d’Ave HC por 4-2 em jogo da 11.ª jornada do Campeonato Nacional, sendo assim líder isolada da prova.

Apesar dos seis golos, o marcador só foi aberto aos 23 minutos. Depois de algumas tentativas falhadas, Platero conseguiu desfazer o nulo perto do intervalo, levando assim o Sporting CP para o descanso a vencer pela margem mínima.

Na segunda metade, a equipa visitante tentou surpreender os Leões e ainda empatou, aos 32 minutos, através de João Pedro, mas o empate durou apenas um minuto. Aos 33, Gonçalo Nunes fez o 2-1 e no minuto seguinte Verona deu maior conforto ao Sporting CP (3-1).

Ainda assim, o Riba d’Ave HC foi aproveitando o jogo menos conseguido dos Leões e foi sempre tentando outro resultado, tendo encurtado a desvantagem, aos 39 minutos, com golo de Fortunato.

Valeu depois, no último minuto, Telmo Pinto a selar o resultado, dando ao Sporting CP um triunfo mais confortável do que foi o próprio jogo.

Fonte- Sporting CP * Foto- Sporting CP (arquivo)

Pluriform PP3

127785137 828172131088279 1702662077949996911 n

O OC Barcelos superou o HC Os Tigres por 6-2, após uma igualdade ao intervalo a duas bolas.

Acrescente-se que a turma de Almeirim esteve a vencer por 2-0.

O HC Os Tigres surpreenderam com uma vantagem de dois golos, ambos apontados por Diogo Alves, o primeiro aos 3' e o segundo aos 9'.

A equipa do OC Barcelos soube reagir e antes do descanso empatou por Luís Querido e Rafael Lourenço.

Na segunda parte, a equipa minhota conseguiu a reviravolta por Dário Gimenez logo aos 3'. Os visitantes que nunca se remeteram à sua defesa podiam ter feito nova igualdade mas Filipe Bernardino desperdiçou um livre direto.

Depois de Luis Querido falhar uma grande penalidade, o argentino Dário Gimenez brilhou com um grande golo de livre direto aos 10', fazendo o 4-2 e dando assim tranquilidade aos barcelenses.

Aos 19' a formação minhota ampliou para 5-2 por Joca Guimarães, após passe de Miguel Rocha.

O resultado final de 6-2 foi obtido aos 22' por Miguel Rocha, dando uma expressão algo exagerada ao marcador.

O triunfo coloca o OC Barcelos agora com vinte e três pontos, enquanto que o HC Os Tigres continuam com sete.

Na próxima ronda, a equipa de Barcelos joga em Oliveira de Azemeis e o HC Os Tigres recebem o FC Porto.

Foto/Fonte: Hóquei Minhoto

grmp

Os dois internacionais argentinos Matías Platero e Gonzalo Romero aproveitaram a oportunidade para recordar Diego Maradona.

“Toda a Argentina e todos os argentinos estamos de luto, porque faleceu um futebolista estupendo, uma verdadeira lenda ou como nós os argentinos lhe chamamos 'D10S'”, disse Platero.

Na opinião de Romero, “desapareceu uma grande figura, que desportivamente marcou um antes e um depois no futebol. Sinceramente, foi muito triste receber a notícia, mas vai ficar para sempre na memória de todos os argentinos”, afirmou o atleta Leonino.

Fonte- Sporting CP

Pluriform PP3

5d2539da ae0b 4355 a369 33973e7f14fa

Depois de ter vencido, na quarta-feira, o HC Braga por 4-3, este sábado, às 11h00, a equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal volta a jogar no Pavilhão João Rocha, agora para defrontar o Riba d'Ave HC na 11.ª jornada do Campeonato Nacional.

Na antevisão da partida, o técnico Paulo Freitas previu "um adversário que vem exactamente na linha dos dois últimos" [partidas que se revelaram muito exigentes para os verdes e brancos].

“Vai ser certamente uma equipa equilibrada a defender, com linhas muito curtas num bloco baixo. Além disso, tentará explorar os nossos erros para aproveitar as transições e será também paciente nas suas acções ofensivas para desgastar o Sporting CP. Temos de estar preparados para isso”, alertou o treinador Leonino.

Apesar de ter menos um jogo do que o segundo classificado, a UD Oliveirense, o conjunto de Alvalade lidera o campeonato com dois pontos de vantagem e destaca-se também como a formação menos batida. Do outro lado, estará o Riba d'Ave HC, actualmente no último lugar e com o ataque menos concretizador da competição. Apesar disso, Paulo Freitas não espera uma tarefa fácil.

“Nós vamos à procura de tentar desbloquear o jogo e tentar torná-lo menos difícil. Mas convém perceber que a equipa do Riba d'Ave HC é constituída por gente muito jovem, com qualidade e que quer evoluir. Aliás, é um conjunto que já conseguiu derrotar em casa um candidato ao título [5-4 ao SL Benfica]. Portanto, é com esse respeito que vamos abordar o jogo de amanhã, mas com o claro objectivo de conquistar os três pontos e seguir em frente”, garantiu o técnico.

A caminho da 11.ª jornada, o Sporting CP é a única equipa ainda invicta no campeonato, o que na visão de Paulo Freitas é: “O reconhecimento do trabalho que temos feito”. Ademais, o treinador dos Leões admite que “trabalhar em cima de vitórias é claramente diferente e esta é a dinâmica que queremos impor até ao final da época. Queremos ficar em primeiro nesta fase para podermos ter vantagens depois nas eventuais decisões do play-off. Portanto, consolidar a dinâmica de vitória é o que pretendemos”, afirmou.

Esta partida será ainda a segunda consecutiva no Pavilhão João Rocha, uma casa que ainda não pode contar com a presença de público. “Nós sentimos a falta dos nossos adeptos, porque havia uma dinâmica muito forte criada com eles que nos dava aquele empurrão que às vezes é necessário”, admitiu Paulo Freitas.

Ora, com essa adaptação também em mente, o treinador verde e branco garante: “A equipa sabe a forma como trabalha e aquilo que quer, por isso o caminho diário só pode ser o do trabalho e o da entrega para poder atingir objectivos maiores no final da temporada”, rematou.

Fonte- Sporting CP

Pluriform PP2

deolho no apito

Fique a saber as nomeações da arbitragem para os jogos agendados para este fim de semana que se aproxima.

Nomeações

Fonte-FPP

Pluriform PP1

126007696 3503838036369211 3403645195390384322 o

A Académica de Espinho recebeu esta quarta feira no pavilhão “Jerónimo Reis” a USC Paredes em jogo referente à 7.ª jornada com a formação espinhense a vencer por 8-4, somando a sua quinta vitória na prova a subir assim ao 2.º lugar da tabela classificativa, a 6 pontos do atual líder, Marinhense.
Ricardo Ramos, esteve em plano de evidência ao fazer um “póquer” neste encontro, sendo um dos grandes responsáveis pelo triunfo da equipa comandada por Luís Canelas.
Uma primeira parte pautada pelo equilíbrio com as equipas a chegarem ao intervalo com o marcador a registar um empate a 2 bolas.
A equipa do Paredes entrou da melhor forma na etapa complementar ao fazer o 2-3 logo nos segundos iniciais, mas a resposta do Espinho foi célere fazendo a “remontada” nos minutos seguintes e ao s15 minutos vencia já por 6-3. O Paredes ainda reduziria, mas mais uma vez a resposta do Espinho foi cruel apontando até ao final mais dois golos, num jogo onde foi quase sempre superior e justificou os três pontos amealhados.
Para além dos quatro golos apontados por Ricardo Ramos, Carlos Saraiva, André pinto e Tiago Ferraz completaram o quadro de marcadores da AA Espinho. Do lado da formação do Paredes marcaram André Ferreira (2) e Ricardo Magalhães (2).

Foto- Facebook AA Espinho

Curso Manicure e Pedicure

ef1541db b92e 4f43 9fb9 1484a06bb0df

No rescaldo do triunfo desta quarta-feira diante do HC Braga, o treinador da equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal, Paulo Freitas, valorizou o triunfo Leonino e enalteceu a exibição dos seus jogadores.

O importante é percebermos que o Sporting CP conquistou três pontos. Os jogadores trabalharam muito e lutaram contra uma equipa que se apresentou aqui com um bloco muito baixo e com um guarda-redes muito inspirado. Foi uma noite em que as coisas não nos iam saindo, criámos muitas situações mas não fomos eficazes. Temos de valorizar a vitória do Sporting CP e todos os Sportinguistas devem estar orgulhosos do que a equipa fez. Com dificuldades, mas conseguimos conquistar os três pontos e isso é o mais importante. Os jogadores dignificaram a camisola que vestem”, começou por dizer, recordando depois o facto de o Sporting CP ser a única equipa 100% vitoriosa no Campeonato Nacional.

“Sabemos o que trabalhamos e como nos dedicamos. Às vezes as coisas não saem como queremos, mas o fundamental é o orgulho que temos em representar este Clube. Somos a única equipa que ainda não foi derrotada neste campeonato, somos um alvo a abater. As equipas vêm jogar contra nós acantonadas na sua área defensiva e vão crescendo no jogo porque nos vamos desgastando. Vamos também alimentando o ego dos guarda-redes, porque vão crescendo à medida que vão defendendo, e as dificuldades aumentam para nós. A seis minutos do fim estávamos a perder e conseguimos dar a volta com um carácter e uma atitude enormes. É isso que temos de valorizar”, referiu.

Por fim, Paulo Freitas reconheceu que a equipa tem saudades do calor dos Sportinguistas e que a sua presença seria uma mais-valia para o desempenho dos jogadores.

“Sentimos falta dos nossos adeptos. Esta equipa está habituada a momentos de pressão no bom sentido, para ganhar. Em contrapartida, há jogadores que se conseguem libertar com essa ausência de pressão. É natural que às vezes aconteçam resultados um pouco inesperados e que os adversários se galvanizem e apresentem um nível diferente que com público se calhar já não conseguiam. Precisamos dos nossos adeptos para nos ajudarem neste caminho que queremos traçar”, concluiu.

Fonte- Sporting CP

Curso Estaticista Essencial

sort

Realizou-se na quarta feira na Sede da FPP em Lisboa o sorteio da pré-Eliminatória Norte e dos Oitavos de Final.
Na pré-eliminatória apenas se realizará um jogo, o CH Carvalhos- CA Feira a 8 de Dezembro próximo, com os Oitavos de final a estarem agendados para o próximo dia 17 de Janeiro de 2021.

Pré-Eliminatória
8/12/2020
CH Carvalhos- CA Feira

Isentos
ACD Vila Boa Bispo
ACD Gulpilhares
Académico FC
C Infante Sagres
AD Sanjoanense
CENAP
CR Antes

Oitavos de Final
17/01/2021
Stuart Massamá- CA Campo Ourique
Sporting CP- ACD Gulpilhares
CR Antes- Académica Coimbra
ACD Vila Boa Bispo- UD Vilafranquense
APAC Tojal- C Infante Sagres
SL Benfica- Vencedor do CH Carvalhos/CA Feira
AF Arazede- Académico FC
CENAP- AD sanjoanense

Curso Cabeleireiro

127810504 1852268034920957 5858958150910598933 o

O Pavilhão José Natário recebeu o derbi minhoto entre a Juventude de Viana e o OC Barcelos em partida de acerto de calendário referente à 6ª jornada do nacional da primeira divisão.
Levou a melhor a equipa de Barcelos que venceu por 3-0, com 2-0 ao intervalo.
 
A grande figura do encontro foi Miguel Rocha jogador do OC Barcelos, autor de um hat-trck que fez o resultado final a favor dos barcelenses.
O triunfo começou a desenhar aos 5' com Miguel Rocha a aproveitar o esférico após defesa do guarda redes vianense Bruno Guia.
Aos 10' num remate rasteiro, Miguel Rocha voltou a faturar elevando para 2-0.
Ainda na primeira parte a Juventude de Viana podia ter marcado mas Remi Herman desperdiçou uma grande penalidade.
No segundo tempo, os vianenses entrararm dispostos a dar a volta ao resultado negativo, mas foi o OC Barcelos a estar mais perto do golo com Miguel Rocha a falhar uma grande penalidade.
Uma vez mais a Juventude de Viana podia ter feito pelo menos o seu tento de honra. No entanto aos 6' João Pedro Pereira permitiu a defesa de Conti Acevedo.
Aos 14', o suspeito do jogo fez o 3-0, Miguel Rocha, num tento de excelente execução técnica.
 
Um triunfo justo de um OC Barcelos prático, perante uma Juventude de Viana que nunca conseguiu impor o seu jogo, depois das boas exibições que lhe permitiram empatar em casa com o Sporting CP e ter ganho fora em Riba d'Ave.
 
 
Este resultado coloca o OC Barcelos no quarto lugar com vinte pontos e menos um jogo realizado, enquanto a Juventude de Viana ocupa o oitavo posto com onze.
Na próxima ronda, a Juventude de Viana volta a jogar em casa, agora com a equipa sensação da prova, o SC Tomar e o OC Barcelos recebe o HC Os Tigres.

Fonte: Hóquei Minhoto

Foto: OC Barcelos ( facebook )

scphcb

Hóquei em patins vence HC Braga em jogo de muita emoção e com três reviravoltas

A equipa de hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal recebeu e venceu, esta quarta-feira, o HC Braga por 4-3, em jogo em atraso da sexta jornada, assumindo dessa forma a liderança isolada do Campeonato Nacional.

Após o adiamento do encontro do passado sábado diante da AD Valongo, Paulo Freitas apostou num cinco inicial composto por Ângelo Girão, Pedro Gil, Toni Pérez, Nolito Romero e Matías Platero no regresso ao Pavilhão João Rocha.

Ainda nem dois minutos de jogo tinham sido cumpridos quando o juiz da partida assinalou falta de Romero e apontou para a marca de penálti, permitindo ao HC Braga colocar-se em vantagem sem ter criado qualquer oportunidade de perigo.

Pouco depois, Paulo Freitas pediu o time-out para dar indicações aos seus jogadores e a partida ganhou mais emoção, com ambas as formações a batalharem intensamente em cada duelo individual, mas sem conseguirem criar muitos lances de perigo junto da baliza adversária nos primeiros 10 minutos.

A partir daqui, os guarda-redes das duas equipas ganharam algum protagonismo no desenrolar do encontro, impedindo qualquer alteração no marcador. Na oportunidade mais flagrante do conjunto verde e branco, Alessandro Verona beneficiou de um pontapé de penálti, mas permitiu a defesa do guardião do HC Braga.

A oito minutos do intervalo, o Sporting CP voltou a ficar muito perto do empate, novamente por intermédio de Alessandro Verona, mas o remate do italiano esbarrou com estrondo no poste e os Leões continuaram em desvantagem, mas não por muito tempo.

Com três minutos para jogar antes do recolher aos balneários, surgiu o 1-1 para os homens da casa. Após um primeiro remate de Pedro Gil travado pelo guarda-redes, a bola sofreu um ressalto e o mesmo Pedro Gil, de trás da baliza, fez o golo com o esférico ainda a desviar, de forma decisiva, no guarda-redes antes de entrar. Ao intervalo, 1-1 no marcador.

No regresso para a segunda parte, o jogo abriu com a décima falta do HC Braga, o que permitiu ao Sporting CP beneficiar de um livre directo. Na conversão, Nolito Romero bateu forte, mas o remate falhou o alvo por escassos centímetros. Era a segunda bola parada da noite falhada pelos comandados de Paulo Freitas.

Depois de cinco minutos jogados, ficou claro que a segunda metade seria tão intensa quanto a primeira, mas com o jogo a disputar-se mais no centro do terreno e sem tantas intervenções decisivas por parte de ambos os guarda-redes.

A meio da primeira parte, surgiu finalmente a reviravolta no marcador, por intermédio de Alvarinho, na recarga a um remate de Alessandro Verona, só que num espaço de segundos o HC Braga voltou a igualar o placard e, logo a seguir, colocou-se novamente na dianteira do marcador, obrigando os Leões a partirem novamente em busca do resultado com dez minutos para jogar.

A cinco minutos do último soar da buzina, o Sporting CP igualou novamente o marcador, desta vez por intermédio de Nolito Romero, e apostou tudo para chegar ao golo da vitória, o que viria a acontecer segundos depois. O HC Braga cometeu a 15.ª falta e Gonzalo Romero, de livre directo, desta vez não falhou e fez o 4-2.

Até ao final, os Leões privilegiaram o controlo da posse de bola para evitar novos dissabores, confirmando dessa forma o regresso às vitórias e ascendendo à liderança isolada do Campeonato Nacional com 23 pontos, mais dois do que a segunda UD Oliveirense, que tem mais um jogo disputado.

Fonte/Foto- Sporting CP

Curso Barbeiro Completo

alvaro aguiar

A Associação Desportiva de Valongo vem informar que amanhã, pelas 19:00 horas, haverá uma missa em memória de Álvaro Manuel Aguiar, na Igreja Matriz de Valongo, falecido no dia de ontem.

As nossas sentidas condolências à família e amigos.