a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Lety Corrales é reforço ...

Domingo , Nov 17 2019
61

Europe Cup- J Viana ...

Domingo , Nov 17 2019
46

Europe Cup- Barcelos ...

Domingo , Nov 17 2019
64

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57588

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25521

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20334

1.ª D-Rescaldo- Benfica, ...

Terça-feira , Jan 23 2018
591

FPP- Federação vinca ...

Quinta-feira , Fev 21 2019
396

1.ª Div: UD Oliveirense ...

Sábado , Dez 02 2017
767

interioresinteriores

RenatoFerreira

A Plurisports esteve à conversa com Renato Ferreira, que esteve à frente da organização do “I Convívio Inter Clubes”, disputado em Cucujães no passado fim de semana de 6 e 7 de junho, que juntou mais de 200 atletas, que ao longo destes dois dias puderam competir, mas também conviver e fazer novos amigos.

Plurisports - Sentse-se sempre grande expetativa na 1.ª Edição de um torneio. Havia uma grande curiosidade para saber como a organização iria lidar com este evento. O que falar sobre este torneio?
Renato Ferreira (RF) - Foi um projeto que visava projetar a modalidade, queríamos marcar pela diferença, nunca esquecendo o principal objetivo, engrandecer o CDC, também não poderia ser por outro motivo, penso que conseguimos provar o quanto adoramos o hóquei em patins... E provar que sabemos arrumar a casa.

Plurisports - Mais de 200 atletas, o que para a 1ª edição é muito bom. Como foi lidar/preparar dois dias de muito Hóquei em Patins para estes intervenientes?
RF - Foi duro, foi uma corrida contra relógio, tratar de tudo em tão pouco tempo foi espetacular, não esquecendo que todos envolvidos têm um emprego, foram quatro semanas de pura adrenalina e muito investimento de toda a organização.

Plurisports - Perguntava, primeiro se este projeto é para continuar? Nestas organizações, há aspetos que falham, o que há a melhorar para uma próxima edição?
RF - Bom, continuar, não vou poder dizer, mas se sinto vontade? Sim. Mas, muito terá que mudar. E não em relação ao evento, mas sim há massa associativa que precisa perceber que só funciona bem se todos ajudarem... Não podemos esquecer que é ou foi um projeto sem fim lucrativos, alias, todos nós zelamos para nada faltar.

Plurisports - Pedia que me falasse do aspeto que mais destaca do torneio?
RF - Acho que a entrega de todos foi o principal aspeto a destacar, não desvalorizando todo resto... Também a entrega de um trofeu a cada atleta, marca o quanto nós queríamos tornar inesquecível a participação de todos.

Plurisports - A equipa de organização foi fantástica. Que mensagem deixa a quem participou de forma ativa na realização do torneio?
RF - Uma mensagem justa, nunca deixem de acreditar no sonho, sem sonho não existe nenhum projeto, sem desvalorizar ninguém, estiveram unidos num grupo pessoas que se conhecem há um ano, porque só agora? Eu sei, vivemos o clube como ninguém, vivemos o CDC de corpo e alma, ganhando batalhas se vencem guerras...
Não posso deixar de frisar o meu descontentamento, a minha tristeza em relação à claque, por não comparecer em momento algum, agora só penso que de facto o provérbio antigo faz sentido, não trates com prioridade quem te tratar por opção... Na minha maneira de ver as coisas, foi muito triste não termos tido esse apoio, não sei se devia dizer, mas digo, por mim, muito teria que mudar...

Sponsored By:

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeCabelo