a c e b o o k
  • This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

HC “Os Tigres” de ...

Quarta-feira , Set 18 2019
49

Telmo Pinto- “Queremos ...

Quarta-feira , Set 18 2019
68

H Feminino- Águias ...

Quarta-feira , Set 18 2019
229

Hóquei fica mais pobre

Segunda-feira , Jul 30 2018
57276

Patinagem reconhecida ...

Segunda-feira , Nov 09 2015
25238

CM Feminino- Portugal ...

Sábado , Out 01 2016
20150

OIST de Hóquei em Patins ...

Sábado , Fev 16 2019
230

Águias iniciaram os ...

Quinta-feira , Ago 20 2015
1069

Hélder Nunes: "A um ...

Domingo , Set 10 2017
1125

interioresinteriores

DiogoAzevedoFoto

Diogo Azevedo trocou, durante este “defeso” de Vila Nova de Famalicão, para as Caldas das Taipas. Depois de 4 temporadas ao serviço dos famalicenses, Diogo Azevedo parte para uma nova etapa, sendo o Treinador das equipas Sub15 e Sub20 do CART.

Plurisports (PLR): Quais os objetivos das equipas de Sub15 e Sub20 do CART para esta temporada?
Diogo Azevedo (DA): Este ano vou orientar dois escalões, os Sub15 e os Sub20 nesta minha primeira época ao serviço do CART. O nosso objetivo é, num futuro próximo, discutir os lugares de acesso e disputar o campeonato nacional. Seria irrealista dizer que esta temporada estamos prontos para o fazer, por isso o objetivo, para os Sub15, passa por criar condições para que isso aconteça o mais rápido possível. Começar a criar bases e uma mentalidade de vitória, uma vez que os atletas que tenho ao meu dispor reúnem qualidade para isso. Outro objetivo, este mais imediato, é o de colocar atletas na seleção regional e que, pelo menos um atleta represente o clube no próximo torneio inter-regiões. É certo que não depende só de nós, e a política recente de convocar apenas jogadores que disputem o campeonato nacional poderá ser prejudicial para os miúdos, mas faremos o nosso trabalho de maneira a dificultar a decisão ao selecionador..
Quanto aos Sub20, pelo plantel que possuímos, sendo reduzido em número de jogadores e formado maioritariamente por juniores de último ano, o objetivo é necessariamente diferente. Herdei um grupo com qualidade mas com lacunas táticas enormes. No entanto estamos conscientes do valor que temos e que em condições ótimas podemos discutir o jogo com qualquer oponente. O nosso objetivo passa então por criar essas condições todos o jogos e no final faremos as contas. O principal será mesmo incutir aos jogadores uma postura diferente em competição e aplicar os princípios treinados durante a semana.

PLR: O que achas do Campeonato e das vossas perspetivas?
DA: Em relação ao campeonato regional de Sub15, será muito provavelmente o mais complicado dos últimos anos. O facto de as equipas que normalmente habitam na parte inferior da tabela não terem inscrito as suas formações (o HC Fão, o Famalicense AC, a AD Limianos e o Valença HC) só dificulta a nossa tarefa e será difícil amealhar pontos. A falta destas formações no campeonato deveria ser um sinal de alerta que, na minha opinião, a AP Minho não deve ignorar. Quanto à luta pelo acesso ao Nacional deverá ser entre as mais fortes formações de Barcelos, o Óquei e a ADB e a ED Viana – todos eles com forte tradição na formação de jovens valores. Além destes, também temos o HC Braga, que não sendo um clube que forma atletas, normalmente recruta muitos jogadores e tem também uma forte formação, ainda que grande parte do plantel seja de primeiro ano. Penso que será entre eles a luta pelos primeiros lugares. O CART, o Riba d’Ave HC (que tem também uma bela equipa) e o CCD Ancorense, que esta época volta à competição, serão as equipas que vão tentar lutar pelos pontos e aproveitar os dias menos bons dos favoritos. Resumindo, é um campeonato curto e muito complicado para toda a gente.
Nos sub20 a história é muito semelhante. O facto de haver poucas equipas a disputar o campeonato, neste escalão, não é novidade, aliás, é normal que assim seja. O OC Barcelos parte, na minha opinião, como grande favorito à vitória final. Surge depois um grupo de três formações que habitualmente tentam o acesso à fase seguinte: o HC Braga, a Juventude de Viana e o Famalicense AC. Para além destas o CART, o Riba d’Ave, o Valença HC e o HC Fão vão tentar fazer o melhor possível e julgo que vai ser um campeonato com muitos resultados-surpresa.

PLR: Que mensagem de incentivo deixas aos teus jogadores?
DA: Eles estão conscientes do valor que têm e da qualidade que, com trabalho, poderão alcançar. Não pode haver mensagem mais motivadora que essa. Dependem apenas deles e da força de vontade que demonstrarem ter.

PLR: Constituição do teu plantel para esta temporada?
DA: O plantel de sub15 é formado por dois GR: o Alexandre e o David, e por 10 jogadores de campo: o Gonçalo, Jorge, Daniel, Tiago, Tomás, Vasco, Duarte, Paulinho, João e o Alexandre.
O plantel de sub20 é mais curto: tem dois GR o Hugo e o Rafael, e apenas 6 jogadores de campo: Leandro, Diogo, Bruno, Mike, Carlos e o Camilo.