Você está aqui: Inicio Hóquei em Patins Notícias

Noticias Flash

Anterior Seguinte

Porto suou mas passou.

Porto suou mas passou.

O FC Porto sentiu enormes dificuldades para vencer,5-4, o Valença da 3ª Divisão Nacional, com a vitória a chegar através de golo de ouro de Caio já no prolongamento.

Ler mais

Benfica continua na Taça

Benfica continua na Taça

O SL Benfica, venceu a UD Oliveirense por 1-0, o golo da vitória for marcado por João Rodrigues aos 24' da segunda parte.

Ler mais

Pacense elimina SC Tomar

Pacense elimina SC Tomar

Houve Taça em Paços de Ferreira, a Juventude Pacense eliminou o Tomar ao ganhar por 6-5.

Ler mais

Notícias

FC Porto visita Sporting CP - CN 1.ª Divisão

FCPortoLE2013

Depois do “susto” de quarta-feira, frente ao Valença - o FC Porto Fidelidade apenas se qualificou para os quartos de final da Taça de Portugal com um golo de ouro de Caio (5-4) - o adversário seguinte é o Sporting, num clássico do hóquei em patins português. Esta partida refere-se agora ao Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de Hóquei em Patins e disputa-se no domingo, às 16h00, no Pavilhão Municipal José Gouveia, em S. João da Talha. Vítor Hugo acredita que a equipa tem de estar completamente focada para trazer os três pontos da deslocação a S. João da Talha. ?Em declarações a www.fcporto.pt e ao Porto Canal, o avançado portista lançou um alerta: se a equipa não estiver a 100 por cento, pode enfrentar dificuldades como as de quarta-feira: “Felizmente conseguimos ganhar o jogo, que era o mais importante. Domingo será novamente um jogo difícil e um clássico do hóquei em patins, contra o Sporting, que luta pela manutenção. Nós queremos continuar a lutar para atingir o nosso objetivo - é mais uma final e queremos mais uma vitória”. A partida, que conta para a 25.ª jornada, coloca frente a frente o primeiro classificado e o décimo, à entrada para a fase decisiva do campeonato: “O Sporting, para mim, vale mais do que a classificação. Tem uma excelente equipa, com muito bons valores, e sabemos que não temos margem para erro. Vamos jogar num ringue muito grande, do qual ainda não conhecemos o piso. Sabemos que são as medidas máximas e isso pode colocar-nos dificuldades”, declarou Vítor Hugo. O adversário é conhecido e o avançado dos Dragões acredita que a equipa está preparada para o desafio: “Sabemos que o Sporting vai jogar fechado, no contra-ataque e a apostar no nosso erro, pelo que temos de fazer um jogo sério. Claro que a pressão existe para os dois, mas a nossa é melhor, porque lutamos para o primeiro lugar. O nosso estilo de jogo vai ser o de sempre: entrar forte e obrigar o adversário a abrir-se para jogarmos mais rápido. É um dos nossos pontos fortes e vamos entrar com essa vontade e força”.

Fonte: www.fcporto.pt

Partilhar
 

Benfica penou, mas segue em frente

SL Benfica- 1 * UD Oliveirense- 0

SLB Hoquei DiogoRafael Oliveirense TP 23Abril2014VO Benfica teve que sofrer a bom sofrer para levar de vencida a equipa da Oliveirense por 1-0 com o golo encarnado a chegar, faltavam somente dois minutos para o términus da partida. Com Guillem Trabal e Diogo Almeida a darem show na defesa das suas redes foi necessário aparecer João Rodrigues que num momento de inspiração resolveu o assunto e colocar a o Benfica nos quartos-de-final da Taça de Portugal.
O jogo, apesar de equilibrado, começou com maior caudal ofensivo por parte dos da casa, que teve mais bola e efectuou mais remates. Porém, os forasteiros nunca deixaram de tentar importunar Guillem Trabal, sobretudo através de contra-ataques, com o internacional espanhol a responder da melhor forma.
Os primeiros 25 minutos decorreram a bom ritmo, mas sem que os adeptos presentes nas bancadas do Pavilhão Fidelidade vissem qualquer golo.
Na etapa complementar, o encontro manteve-se vivo, com ambas as equipas a tentarem desfeitear os guarda-redes, que estavam intransponíveis. Apesar de fortes ofensivamente, ambas as equipas demonstraram ter elevada noção táctica na forma de disporem em pista, não dando muito espaço a remates ou a situações de contrapé.
Com o decorrer dos minutos e o aproximar do final do tempo regulamentar, a Oliveirense foi dando a iniciativa de jogo aos encarnados, tentando jogar no erro adversário. No entanto aos 48 minutos através do oportunismo de João Rodrigues que recarregou a preceito um livre marcado por Valter Neves, acabou por aliviar a tensão que se manifestava no público presente no Fidelidade.

Foto: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Partilhar
 

Golo de ouro coloca HCT nos quartos de final da Taça

hctxfortedeimarmi 4Depois de mais de uma semana e meia sem jogar, o HCT deslocou-se ao reduto do Infante Sagres, no centro da cidade do Porto, para tentar a passagem aos quartos de final da Taça de Portugal e teve de “suar as estopinhas” para levar de vencida o sétimo classificado da 2ª divisão – Zona Norte. Frente a um adversário muito agressivo a equipa de João Simões até esteve bem, conseguindo algumas dinâmicas em ataque organizado que lhe permitiram chegar com perigo junto da baliza contrária, mas alguma displicência defensiva e a qualidade dos avançadoos dos da casa empurraram o jogo para prolongamento. Nesse momento decisivo “falou mais alto” a maior qualidade dos forasteiros que conseguiram o “golo de ouro” ainda na primeira parte do tempo extra, por intermédio de Tiago Rafael, sentenciando a eliminatória.

O primeiro tempo mostrou um HCT afoito e a querer mandar desde início nos momentos de posse de bola, com os da casa a jogarem no erro e a encararem cada transição defesa-ataque como se fosse a última. Já com meio da primeira parte decorrida Paulo Passos inaugurou o marcador em jogada individual e parecia que tudo estava controlado por parte dos visitantes. Puro engano já que, em dois momentos quase consecutivos, Pedro Pinto “bisou” depois de se soltar por duas vezes no interior da área alvinegra e levou o jogo para o intervalo com vantagem caseira, para gáudio dos seus adeptos.

A segunda metade começou com o 3-1, depois da 10ª falta de equipa do HCT, com o capitão do Infante, João Gilvaz, a mostrar frieza na conversão do respetivo livre direto. A resposta turquelense foi imediata e, ainda no mesmo minuto, Vasco Luís recebeu uma assistência de Passos para reduzir (3-2). O 3-3 surgiu sete minutos depois numa transição iniciada por Tiago Rafael e finalizada novamente por Vasco Luís, à meia volta. Os da casa sentiram o toque e foram em busca de outro tipo de resultado, mas desguarneceram a retaguarda e quem aproveitou foi o HCT que num contra ataque fulminante conseguiu passar para a frente, depois de Paulo Passos encostar ao segundo poste uma assistência de Vasco Luís. Faltavam seis minutos para o fim e pensou-se que os visitantes conseguiriam controlar o resultado e quiçá ampliá-lo. Mas o que aconteceu foi precisamente o contrário. O experiente Tiago Rafael viu azul por falta sobre Xavier Resende e Joaquim Dias converteu o livre direto em golo, empatando a quatro bolas, para depois, numa decisão incrível da juíza Cláudia Rego, ter surgido um penalty longe da bola numa suposta infração de Tuga sobre Renato Castanheira, quando na verdade o que aconteceu foi que o avançado da casa se “atirou” literalmente para cima do guardião alvinegro. Do penalty stickado pelo mesmo Castanheira surgiu uma grande intervenção do recém entrado Samuel Santos (Tuga viu a cartolina azul), mas este não conseguiu evitar a recarga do irrequieto jogador do Infante no 5-4. O pavilhão veio abaixo pois em dois minutos os da casa viraram o jogo e faltavam já menos de quatro minutos para terminar o encontro. Com o espectro da eliminação a pairar sobre as suas cabeças, os jogadores alvinegros foram em busca de pelo menos empatar a partida, e mais com o coração do que com a cabeça lograram conquistar um penalty que deixou algumas dúvidas, cometido sobre Vasco Luís. O camisola nove turquelense não se fez rogado e completou o seu “hat trick”, levando o jogo para prolongamento.

No tempo extra a equipa que marcasse primeiro venceria a partida (“golo de ouro”) e foi o HCT a assumir as despesas do encontro, tal como lhe competia, tendo sido recompensado a cerca de um minuto do fim da primeira parte da prorrogação, num grande momento de hóquei em patins protagonizado pela excelente assistência de Paulo Passos e pela finalização estrondosa de primeira de Tiago Rafael, que colocou os “brutos dos queixos” nos quartos de final da Taça de Portugal.

Pavilhão do Clube Infante Sagres, Lordelo do Ouro, Porto

Árbitros: Cláudia Rego (Minho), Florindo Cardoso (Minho), João Rodrigues (Minho) (3º árbitro)

C. Infante Sagres: Fábio Vieira (GR), Luís Gomes, Pedro Pinto (2), António “Tó” Cruz, Renato Castanheira (1), Joaquim Dias (1), Xavier Resende e João Gilvaz (C) (1). Não jogaram: Ricardo Amorim (GR) e Renato Fonseca.

Treinador: Paulo Castanheira

H.C. Turquel: Marco Barros “Tuga” (GR), Pedro Vaz, Tiago Rafael (1), Daniel Matias, Vasco Luís (3), Paulo Passos (2), Fábio Alexandre e Samuel Santos (GR). Não jogaram: Alexandre Duarte e André Luís (C).

Treinador: João Simões

Ao intervalo: 2-1

No final do tempo regulamentar: 5-5

No final do prolongamento (golo de ouro): 5-6

Foto: Carmo Santos (Arquivo)

Fonte: www.hcturquel.pt

Partilhar
 

XIII Torneio “Cidade D´Oliveira do Hospital”

10177875 649457051774696 1337600944527778422 nA Secção de Hóquei em Patins do FC Oliveira do Hospital leva a efeito entre esta sexta-feira e Sábado o XIII Torneio “Cidade D´Oliveira do Hospital” onde estarão presentes equipas desde Bâmbis a Iniciados.

Para além do FC Oliveira do Hospital estarão presentes neste Torneio o Dragon Force FC, ASC Santa Cita, AF Arazede, Académico FC, FC Bom-Sucesso, ED Viana, HC Turquel, Seixal FC e ACR Pessegueiro do Vouga.
A exemplo de anos anteriores este Evento organizado pelo Clube de Oliveira do Hospital, pauta-se pela qualidade, com a edição desta ano a não fugir à regra. Serão dois dias de animação onde se cruzarão equipas de norte a sul do país hoquista.
Deixamos aqui a composição por escalão das equipas que estrão em Oliveira do Hospital10314458 649456135108121 5732994684587433746 n

Bâmbis
FC Oliveira Hospital – AF Arazede – Académico FC
Benjamins
FC Oliveira Hospital-A – FC Oliveira ospital-B – Académico FC – Dragon Force FC
Escolares
FC Oliveira Hospital – Académico FC – ED Viana – Dragon Force FC
Infantis (Sub-13)
FC Oliveira Hospital – AF Arazede – FC Bom-Sucesso – HC Turquel
Iniciados (Sub-15)
FC Oliveira Hospital – ACR Santa Cita – Seixal FC – ACR Pessegueiro Vouga

Partilhar
 

Oliveirense escolhe Vítor Fortunato

ngC5C48A1F-9A4A-44D8-AE73-9C30B87A2C0EChegaram a bom porto as conversações entre a Oliveirense e Vítor Fortunato para este orientar a equipa de Oliveira de Azeméis na próxima época. 

Antigo jogador do SL Benfica e Oliveirense, este antigo internacional de 44 anos terminou a sua carreira enquanto atleta na equipa do Física de Torres Vedras onde ingressou na época 2009-2010, depois de seis temporadas na Oliveirense. Na Física acumulando as funções de Jogador/treinador, pendurou as “botas” à duas épocas, mas voltaria ao “activo” já no decorrer desta temporada, fruto da saída de vários jogadores já com a época a correr.
Vítor Fortunato volta assim a uma casa que conhece bem, e com a responsabilidade de orientar uma das melhores formações nacionais da modalidade.

Partilhar
 

Sanjoanense elimina Famalicense no golo de ouro

Sanjoanense FACO prolongamento foi fatal para o Famalicense em mais uma visita a São João da Madeira onde perdeu e foi afastado da Taça de Portugal no golo de ouro a apenas sete segundos do fim do tempo extra. O ouro foi preciso para a Sanjoanense.
Num grande jogo de hóquei em patins o Famalicense adiantou-se no resultado aos 12' por João Pinheiro.
A resposta da Sanjoanense foi imediata por João Oliveira. Ate ao descanso o resultado não sofreu mais alteração.
Os minhotos entraram fortes na segunda parte e aos 5' Celso Silva fez o 2-1, para aos 10' André Barbosa de livre direto aumentar para 3-1 a favor do Famalicense.
A Sanjoanense atual segunda classificada da segunda divisão zona norte pressionou e chegou ao empate com um bis João Santos.
Antes do final do tempo regulamentar ambas as equipas podiam ter marcado mas Dani Bastos e João Pinheiro falharam um livre direto.
No prolongamento a decisão de ouro surgiu exactamente de livre direto e caiu para os lados da Sanjoanense apontado a sete segundos do final por Chico Barreira.
Tudo porque André Barbosa podia ter marcado ainda na primeira parte de livre direto a castigar cartão azul a João Santos.
Independentemente do vencedor ambas as equipas não mereciam tanto ganhar como perder da forma como aconteceu, na forma de OURO....

Partilhar
 
res V2 IntroHP ReC Final Class V2
SEparador
ProvasFederativas
CN1 v2 CN2 v2
CN 1ª Divisão Zona Norte Zona Sul
Cale V3 Classi V2 Cale V3 Classi V2 Cale V3 Classi V2
SEparador2
CN3 v2
Zona Norte Zona Centro Zona Sul
Cale V3 Classi V2 Cale V3 Classi V2 Cale V3 Classi V2
           
P2 - Apuramento Campeão
Cale V3 Classi V2
           
P3 - AP Promoção à 2ªDivisão
Cale V3 Classi V2
SEparador2
CNF v2
CN Feminino P2
Cale V3 Classi V2
SEparador2
CNS13 v2 CNS15 v2
Cale V3   Classi V2 Cale V3   Classi V2
SEparador2
CNS17 v2 CNS20 v2
Cale V3   Classi V2 Cale V3   Classi V2
SEparador2
TP M v2 TP F v2
Cale V3 Cale V3
SEparador2
SEparador
IntroCERH
SEparador2
LE v2 TC v2
LE - FASE GRUPOS TC - Quartos de Final
Cale V3   Classi V2 Cale V3
SEparador2
LE - Quartos de Final TC - FINAL FOUR   
Cale V3 Cale V3   
SEparador2
           
           
SEparador
BannerTopo ASSOCIACOES V2

CD Minho v2

MINHO

CD Porto v2

PORTO

Cale V3   Classi V2 Cale V3   Classi V2
SEparador2

CD Coimbra Aveiro v2

COIMBRA/AVEIRO

CD Leiria Ribatejo Lisboa v2

LEIRIA/RIBATEJO/LISBOA

Cale V3   Classi V2 Cale V3   Classi V2
SEparador2

CD Setubal Alentejo Algarve v2

SETÚBAL/ALENTEJO/ALGARVE

Cale V3 Classi V2
SEparador

Ajuda-nos a Crescer!

C.Veteranos.IR.2013/2014|T.de.Lisboa

Próximas transmissões

Arquivo Todas as Épocas

Faixa publicitária

Assine a Newsletter

Contactos